Questões de Concursos Câmara de Linhares - ES (Câmara de Linhares/ES)

Ver página Câmara de Linhares/ES Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 719378

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 46

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

O funcionário público que firma contrato de arrendamento mercantil, em nome da pessoa jurídica de direito público, mas sem prévia autorização legislativa, pratica:
  • A. conduta penalmente atípica, mas sujeita à lei de improbidade administrativa.
  • B. crime de estelionato.
  • C. Crime de peculato.
  • D. crime de prevaricação.
  • E. crime contra as finanças públicas.

Questão de Concurso - 719333

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 1

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

Para sustentar seu ponto de vista, a autora recorre a todas as estratégias argumentativas a seguir, EXCETO:
  • A. valer-se de exemplificação para tornar mais clara uma ideia.
  • B. concordar parcialmente com ponto de vista divergente.
  • C. apoiar-seemnarrativa literária.
  • D. recorrer a depoimento de experiência pessoal.
  • E. usar formas verbais e pronominais propícias a uma aproximação com o leitor.

Questão de Concurso - 719334

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 2

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

Na argumentação desenvolvida, o enunciado destinado a justificar afirmação feita anteriormente é:
  • A. “[...] me parece que deve ser uma leitura não só interessante como necessária.” (parágrafo 1)
  • B. “[...] andamos muito trepidantes e frenéticos, mas pouco contemplativos.” (parágrafo 1)
  • C. “[...] todos nós ficamos meio robotizados e só conseguimos nos emocionar se formos estimulados pela velocidade e pelo risco: [...]” (parágrafo 2)
  • D. “[...] emoção nenhuma é banal se for autêntica.” (parágrafo 3)
  • E. “[...] me bateu uma felicidade sem razão e sem tamanho.” (parágrafo 4)

Questão de Concurso - 719335

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 3

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

Os verbos auxiliares em destaque indicam que a autora quer que se entenda o conteúdo das proposições:

a) “Testar os próprios limites PODE ser não só prazeroso como educativo [...].”

b) “DEVE ser o que chamam de plenitude.”

respectivamente, como:
  • A. duvidoso, certo.
  • B. certo, duvidoso.
  • C. possível, necessário.
  • D. necessário, necessário
  • E. possível, possível.

Questão de Concurso - 719336

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 4

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

Para encaminhar o leitor à conclusão, a autora recorre não só a argumentos, mas também à ênfase, usando para tanto figuras de linguagem como a anáfora − o que pode ser exemplificado com a seguinte passagem do texto:
  • A. “[...] só conseguimos nos emocionar se formos estimulados pela velocidade e pelo risco: só se houver perigo, só se for radical, só se for inédito, só se causar impacto.”
  • B. “Nascimentos, casamentos e mortes emocionam apenas os que estão realmente envolvidos, senão é teatro [...].”
  • C. “Não foi algo pensado, teorizado, arquitetado: foi apenasumsentimento, esta coisa tão rara.”
  • D. “Isso são alegrias encomendadas, e mesmo quando bem-vindas, ainda assim são apenas alegrias, que é diferente de comoção.”
  • E. “Contemplar um lago, rever um amigo, rezar para seu próprio deus, ver seu filho crescer, perdoar, gostar de si mesmo: tudo isso é gigantesco pra quem ainda sabe sentir.”

Questão de Concurso - 719337

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 5

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

O mesmo recurso sintático, meramente expressivo, usado para realçar um dos termos da oração: “É de lirismo verdadeiro que precisamos” [...] (parágrafo 1) repete-se na seguinte passagem do texto:
  • A. “Ou seja, andamos muito trepidantes e frenéticos, mas pouco contemplativos.” (parágrafo 1)
  • B. “Só as emoções obrigatórias é que são ordinárias.” (parágrafo 3)
  • C. “Lembro como se fosse ontem, mas aconteceu há exatos 20 anos.” (parágrafo 4)
  • D. “Foi então quemebateu uma felicidade sem razão e sem tamanho.” (parágrafo 4)
  • E. “Deve ser o que chamam de plenitude.” (parágrafo 4)

Questão de Concurso - 719338

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 6

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

Em: “Aliás, não há como contar, ponto.” (parágrafo4), a palavra ALIÁS está empregada com o mesmo sentido que em:
  • A. Éótima pessoa; aliás, muito inteligente.
  • B. Não aceitou o cargo, que, aliás, é criação do novo governo.
  • C. Andar é cansativo, sem, aliás, deixar de ser bom.
  • D. Tinha três filhos; aliás, quatro.
  • E. Sempre o ajudou, aliás não seriaumbom pai.

Questão de Concurso - 719339

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 7

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

O pronome em destaque cujo referente se encontra dentro do próprio texto é:
  • A. “[...] ME parece que deve ser uma leitura não só interessante como necessária.” (parágrafo 1)
  • B. “[...]ONDEele defende que a busca irrefreável por emoções fortes [...] é, no fundo, um sintoma da nossa insensibilidade.” (parágrafo 1)
  • C. “[...] desde que VOCÊ se responsabilize pelo que faz [...]” (parágrafo 2)
  • D. “[...] e não arraste forçosamente AQUELES que nada têm a ver com suas ambições aventureiras.” (parágrafo 2)
  • E. “[...] emocionam apenas OS que estão realmente envolvidos [...]” (parágrafo 3)

Questão de Concurso - 719340

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 8

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

No enunciado: “Testar os próprios limites pode ser não só prazeroso como educativo, desde que você se responsabilize pelo que faz [...]”, a conjunção DESDE QUE tem o mesmo valor relacional que em:
  • A. A sala de torturas não funciona desde que a ditadura terminou.
  • B. Desde que não sejam anônimas, as denúncias serão apuradas, doa a quem doer.
  • C. Desde que não comparece aos treinos, o clube foi obrigado a despedi-lo.
  • D. O homem sofre, desde que nasce, até que morre.
  • E. Desde que você não pode fazer nada por mim, não vou incomodá-lo mais.

Questão de Concurso - 719341

Concurso Câmara de Linhares Procurador Jurídico 2012

Questão 9

Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB)

Nível Superior

Altera-se o sentido do enunciado: “Testar os próprios limites pode ser NÃO SÓ PRAZEROSO COMO EDUCATIVO” (parágrafo 2) com a substituição do termoemdestaque por:
  • A. prazeroso e educativo.
  • B. tanto prazeroso quanto educativo.
  • C. prazeroso, tanto quanto educativo.
  • D. não apenas prazeroso, senão educativo.
  • E. se não prazeroso, educativo.