Questões de Concursos Corpo de Bombeiro Militar de Goiás - GO (CBM GO/GO)

Ver página CBM GO/GO Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1106656

Concurso CBM GO Soldado de 3ª Classe 2016

Questão 49

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

No reconhecimento de vítimas de choque elétrico, podem-se encontrar determinadas características, EXCETO a(s) indicada(s) na seguinte alternativa:

  • A. inconsciência.
  • B. parada cardiorrespiratória.
  • C. lesões musculoesqueléticas.
  • D. ansiedade, náuseas e vômito.
  • E. queimaduras.

Questão de Concurso - 770595

Concurso CBM GO Oficial 2010

Questão 3

Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (FSADU)

Nível Superior

“O caminho mais curto para evitar as mortes causadas por motoristas embriagados, naturalmente, é tirá-los das ruas.” Sobre as relações e os recursos linguísticos utilizados no trecho acima, leia as afirmações.

I. O pronome pessoal retoma o referente “motoristas”.

II. O pronome pessoal possui, sintaticamente, a mesma classificação que a expressão “as mortes”.

III. “das ruas” complementa o sentido do verbo “tirar”, exprimindo circunstância de lugar.

IV. Os dois termos destacados em “mais curto” e “motoristas embriagados” são circunstanciais e indicam, respectivamente, intensidade e modo.

Está CORRETO o que se afirma em:

  • A. I, II e III, apenas.
  • B. I e IV, apenas.
  • C. III e IV, apenas.
  • D. I e II, apenas.
  • E. IV, apenas.

Questão de Concurso - 1106536

Concurso CBM GO Soldado de 3ª Classe 2016

Questão 1

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

Seria Escrever

Meu ideal seria escrever uma história tão engraçada que aquela moça que está doente naquela casa cinzenta, quando lesse minha história no jornal, risse, risse tanto que chegasse a chorar e dissesse: Ai, meu Deus, que história mais engraçada!. E então a contasse para a cozinheira e telefonasse para duas ou três amigas para contar a história; e todos a quem ela contasse rissem muito e ficassem alegremente espantados de vê-la tão alegre. Ah, que minha história fosse como um raio de sol, irresistivelmente louro, quente, vivo, em sua vida de moça reclusa, enlutada, doente. Que ela mesma ficasse admirada ouvindo o próprio riso, e depois repetisse para si própria: mas essa história é mesmo muito engraçada!

Rubem Braga. Disponível em: http://www.releituras.com/ rubembraga_meuideal.asp/fragmento. Acesso em: 20 out. 2016.

Nesse fragmento do texto de Rubem Braga, no que se refere à tipologia textual, observa-se o emprego da narrativa a serviço de uma

  • A. descrição de um ideal.
  • B. exposição sobre um ideal.
  • C. idealização amorosa de um escritor.
  • D. dissertação-argumentativa de um escritor.
  • E. predição utópica acerca de um ideal.

Questão de Concurso - 1106538

Concurso CBM GO Soldado de 3ª Classe 2016

Questão 2

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

Seria Escrever

Meu ideal seria escrever uma história tão engraçada que aquela moça que está doente naquela casa cinzenta, quando lesse minha história no jornal, risse, risse tanto que chegasse a chorar e dissesse: Ai, meu Deus, que história mais engraçada!. E então a contasse para a cozinheira e telefonasse para duas ou três amigas para contar a história; e todos a quem ela contasse rissem muito e ficassem alegremente espantados de vê-la tão alegre. Ah, que minha história fosse como um raio de sol, irresistivelmente louro, quente, vivo, em sua vida de moça reclusa, enlutada, doente. Que ela mesma ficasse admirada ouvindo o próprio riso, e depois repetisse para si própria: mas essa história é mesmo muito engraçada!

Rubem Braga. Disponível em: http://www.releituras.com/ rubembraga_meuideal.asp/fragmento. Acesso em: 20 out. 2016.

Em Meu ideal seria escrever uma história tão engraçada que aquela moça que está doente naquela casa cinzenta, quando lesse minha história no jornal, risse..., a oração que aquela moça risse apresenta o valor semântico de uma

  • A. explicação
  • B. conclusão.
  • C. consequência.
  • D. conformidade.
  • E. alternatividade.

Questão de Concurso - 1106539

Concurso CBM GO Soldado de 3ª Classe 2016

Questão 3

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

Seria Escrever

Meu ideal seria escrever uma história tão engraçada que aquela moça que está doente naquela casa cinzenta, quando lesse minha história no jornal, risse, risse tanto que chegasse a chorar e dissesse: Ai, meu Deus, que história mais engraçada!. E então a contasse para a cozinheira e telefonasse para duas ou três amigas para contar a história; e todos a quem ela contasse rissem muito e ficassem alegremente espantados de vê-la tão alegre. Ah, que minha história fosse como um raio de sol, irresistivelmente louro, quente, vivo, em sua vida de moça reclusa, enlutada, doente. Que ela mesma ficasse admirada ouvindo o próprio riso, e depois repetisse para si própria: mas essa história é mesmo muito engraçada!

Rubem Braga. Disponível em: http://www.releituras.com/ rubembraga_meuideal.asp/fragmento. Acesso em: 20 out. 2016.

Observa-se, nesse texto, a presença da função metalinguística da linguagem, pelo fato de o autor

  • A. utilizar a primeira pessoa do singular.
  • B. empregar o discurso direto livre.
  • C. realizar interlocuções com o leitor.
  • D. usar o texto para falar do próprio texto.
  • E. apropriar-se de figuras de linguagem.

Questão de Concurso - 1106541

Concurso CBM GO Soldado de 3ª Classe 2016

Questão 4

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

Seria Escrever

Meu ideal seria escrever uma história tão engraçada que aquela moça que está doente naquela casa cinzenta, quando lesse minha história no jornal, risse, risse tanto que chegasse a chorar e dissesse: Ai, meu Deus, que história mais engraçada!. E então a contasse para a cozinheira e telefonasse para duas ou três amigas para contar a história; e todos a quem ela contasse rissem muito e ficassem alegremente espantados de vê-la tão alegre. Ah, que minha história fosse como um raio de sol, irresistivelmente louro, quente, vivo, em sua vida de moça reclusa, enlutada, doente. Que ela mesma ficasse admirada ouvindo o próprio riso, e depois repetisse para si própria: mas essa história é mesmo muito engraçada!

Rubem Braga. Disponível em: http://www.releituras.com/ rubembraga_meuideal.asp/fragmento. Acesso em: 20 out. 2016.

Na frase "Ai, meu Deus, que história mais engraçada!", a vírgula foi empregada pelo mesmo motivo que em

  • A. O autor escreve, pois tem muita criatividade.
  • B. Ele, o autor, escreve com muita criatividade.
  • C. O autor, criativamente, escreve sua crônica.
  • D.

    Rubem Alves, o meu autor favorito, escreve bem.

  • E.

    Alguém disse: Rubem, você é meu escritor favorito.

Questão de Concurso - 1117928

Concurso CBM GO Aluno Cadete 2016

Questão 1

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

De acordo com esse texto, o gênero, conhecido como ficção científica,
  • A.

    constitui uma narrativa mitológica e verossímil sem vínculo de sentido com a ciência e a tecnologia contemporâneas .

  • B.

    é um meio de comunicação de massa dedicado a um público heterogêneo consumidor da indústria cultural.

  • C.

    baseia-se em narrativas de prospecção de possibilidades de existência humana em lugares distantes do espaço-tempo contemporâneo

  • D.

    populariza o saber científico com compromisso ético com o trabalho desenvolvido por cientistas e pesquisadores .

  • E.

    origina-se na mitologia arcaica cujas criações anteciparam descobertas científicas e tecnológicas futuras.

Questão de Concurso - 1117931

Concurso CBM GO Aluno Cadete 2016

Questão 2

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

A verossimilhança das narrativas cinematográficas de ficção científica, segundo o autor, é caracterizada pela

  • A. junção de ciência e ficção com aparência de verdade
  • B. plausibilidade do imaginário mítico sobre a ciência.
  • C. vulgarização científica nos meios d e comunicação de massa .
  • D. apropriação pedagógica de recursos narrativos literários e científicos.
  • E. recriação de um imaginário mítico adequado à comunicação de massa .

Questão de Concurso - 1117935

Concurso CBM GO Aluno Cadete 2016

Questão 3

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

No entanto, a maior parte dessa divulgação é realizada por veículos que não têm a preocupação conceitual ou pedagógica, ou seja, não mostram a ciência como processo e nem explicam deforma simplificada suas metodologias.


Em relação à expressão destacada nesse período, pode-se afirmar que ela assume o sentido de
  • A. adição
  • B. adversidade
  • C. retificação
  • D. ratificação.
  • E. apelação

Questão de Concurso - 1117938

Concurso CBM GO Aluno Cadete 2016

Questão 4

FUNRIO Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO)

Nível Superior

A ' ciência' que os meios de comunicação de massa mostram, em geral, não corresponde ao trabalho desenvolvido por equipes de cientistas e pesquisadores.


O pronome em destaque, nesse período, assume, na oração que inicia, a função sintática de

  • A. (A) sujeito
  • B. objeto direto.
  • C. objeto indireto
  • D. adjunto adnominal.
  • E. predicativo do sujeito.