Questões de Concursos Corpo de Bombeiro Militar de Rondônia - RO (CBM RO/RO)

Ver página CBM RO/RO Navegar questão a questão

Questão 155795

Cargo: / Questão 11

Banca:

Nível:

No trecho "muita gente pensa que passarinho é coisa só de jardim zoológico", observa-se o correto emprego da acentuação gráfica. Não se observa a mesma correção na seguinte frase:

  • A.

    Os homens, porém, os vêem através das grades das gaiolas.

  • B.

    É através da capacidade de voar que os pássaros obtém a admiração dos homens.

  • C.

    Nem a fragilidade dos pássaros detém os sentimentos negativos dos homens.

  • D.

    O pêlo dos animais e a plumagem das aves têm características diferentes.

  • E.

    Ninguém tem tanta ternura quanto os pássaros.

Questão 155672

Cargo: / Questão 1

Banca:

Nível:

Podemos dizer que o texto:

  • A.

    aborda o tema dos bem-te-vis sob o ponto de vista ecológico;

  • B.

    explora a oposição entre vida no campo e vida na cidade;

  • C.

    narra a história de diversos cantos dos bem-te-vis;

  • D.

    analisa as causas das diferenças dos cantos entre os bem-te-vis;

  • E.

    argumenta a favor da proteção aos pássaros.

Questão 155677

Cargo: / Questão 2

Banca:

Nível:

No período "Com estas florestas de arranha-céus que vão crescendo, muita gente pensa que passarinho é coisa só de jardim zoológico"; a alternativa em que a preposição "com" está empregada com sentido idêntico ao da frase do texto é:

  • A.

    Com tantas árvores derrubadas, os pássaros não têm onde morar;

  • B.

    Os bem-te-vis cantam com força;

  • C.

    Os bem-te-vis cantam uns com os outros;

  • D.

    Os bem-te-vis moram com os companheiros;

  • E.

    Os bem-te-vis fazem os ninhos com os bicos.

Questão 155685

Cargo: / Questão 3

Banca:

Nível:

O significado da palavra em negrito no trecho "animou-se a uma audácia maior" equivale semanticamente a:

  • A.

    canto;

  • B.

    ousadia;

  • C.

    barulho;

  • D.

    irreverência;

  • E.

    apresentação.

Questão 155690

Cargo: / Questão 4

Banca:

Nível:

A alternativa em que aparecem adjetivos não atribuídos ao bem-te-vi no texto é:

  • A.

    inocente e agradável;

  • B.

    caprichoso e moderno;

  • C.

    irreverente e audacioso;

  • D.

    invisível e brincalhão;

  • E.

    progressista e gago.

Questão 155693

Cargo: / Questão 5

Banca:

Nível:

No trecho "Bom será que essa árvore seja a mangueira. Pois nesse vasto palácio verde podem morar muitos passarinhos.", a autora optou por redigir em dois períodos um pensamento que poderia ser redigido em apenas um. Se tivesse feito a opção de redigir em um único período, no lugar do primeiro ponto final, ela teria de usar:
  • A.

    ponto-e-vírgula;

  • B.

    dois-pontos;

  • C.

    travessão;

  • D.

    vírgula;

  • E.

    ponto de exclamação.

Questão 155764

Cargo: / Questão 6

Banca:

Nível:

A autora poderia ter optado por redigir os dois períodos "Mas há um passarinho chamado bem-te-vi. Creio que ele está para acabar." em um único período, empregando adequadamente um pronome relativo. Para que estivesse gramaticalmente correto e sem alteração do sentido original, este período teria de ter a seguinte redação:

  • A.

    Mas há um passarinho chamado bem-te-vi, cujo está para acabar.

  • B.

    Mas há um passarinho chamado bem-te-vi, o qual creio que está para acabar.

  • C.

    Mas há um passarinho chamado bem-te-vi, em que creio que está para acabar.

  • D.

    Mas há um passarinho chamado bem-te-vi, do qual ele está para acabar.

  • E.

    Mas há um passarinho chamado bem-te-vi, sobre o qual creio que está para acabar.

Questão 155776

Cargo: / Questão 7

Banca:

Nível:

Se no trecho "Mas as crianças, que sabem mais do que eu, e vão diretas aos assuntos" fosse feita a seguinte mudança na redação: "Mas as crianças, que sabem mais do que eu, e vão diretas à questão", o emprego do acento indicativo da crase seria obrigatório. Das frases abaixo, aquela em que foi indevidamente utilizado o acento indicativo da crase é:

  • A.

    O bem-te-vi cantava à vontade na mangueira.

  • B.

    Até a imprensa fez alusão àquele fato recente: o bem-te-vi gago.

  • C.

    O bem-te-vi cantava sempre às quintas-feiras.

  • D.

    O bem-te-vi macho enviava o canto à sua fêmea.

  • E.

    O bem-te-vi não voava à florestas distantes.

Questão 155778

Cargo: / Questão 8

Banca:

Nível:

No trecho "apareceu um bem-te-vi caprichoso, muito moderno", a palavra em negrito foi empregada com valor adverbial. Também foi empregada com valor adverbial a palavra em negrito no trecho:

  • A.

    "Como dizem que as últimas gerações andam muito rebeldes e novidadeiras";

  • B.

    "muita gente pensa que passarinho é coisa só de jardim zoológico";

  • C.

    "podem morar muitos passarinhos";

  • D.

    "animou-se a uma audácia maior";

  • E.

    "Nós esquecemos tudo".

Questão 155785

Cargo: / Questão 9

Banca:

Nível:

Considerando-se as diferentes formas de grafia da palavra porque, pode-se afirmar que está INCORRETA a frase:

  • A.

    Os vizinhos ignoravam o porquê do canto do bem-te-vi.

  • B.

    O problema porque passavam os pássaros era desconhecido.

  • C.

    Não se conseguia explicar por que os bem-te-vis modificaram seu canto.

  • D.

    A partir deste enfoque, o canto ganhou uma nova razão: por quê?

  • E.

    As crianças achavam que o bem-te-vi estava gago, porque repetia as sílabas de seu canto.