Tecnologia da Informação Desenvolvimento de Sistemas Programação Linguagens UML

A utilização de diversos diagramas da UML permite que falhas possam ser descobertas nos diagramas anteriores, diminuindo a possibilidade da ocorrência de erros durante a fase de desenvolvimento do software. As funções de alguns dos diagramas da UML 2.0 são apresentadas abaixo:

I. Preocupa-se com a ordem temporal em que as mensagens são trocadas entre os objetos envolvidos em um determinado processo. Este diagrama costuma identificar o evento gerador do processo modelado, bem como o ator responsável por este evento, e determina como o processo deve se desenrolar e ser concluído por meio do envio de mensagens que, em geral, disparam métodos entre os objetos.

II. Define a estrutura das classes utilizadas pelo sistema, determinando os atributos e métodos possuídos por cada classe, além de estabelecer como as classes se relacionam e trocam informações entre si.

III. Procura identificar os atores (usuários, outros softwares que interagem com o sistema ou algum hardware especial), que utilizarão de alguma forma o software, bem como os serviços, ou seja, as opções que o sistema disponibilizará aos atores.

IV. Fornece uma visão dos valores armazenados pelos objetos de um Diagrama de Classe em um determinado momento da execução de um processo.

A associação correta do diagrama com a sua função está expressa em

  • A.

  • B.

  • C.

  • D.

  • E.