Questões de Concursos Consórcio Interfederativo Santa Catarina - CINCATARINA - SC (CINCATARINA/SC)

Ver página CINCATARINA/SC Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1211666

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 28

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

De acordo com o Código de Processo Civil, são título executivos judiciais, cujo cumprimento deverá seguir o cumprimento de sentença:

1. a decisão homologatória de autocomposição extrajudicial de qualquer natureza

2. sentença arbitral

3. sentença penal

4. a decisão homologatória de autocomposição judicial

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

  • A. São corretas apenas as afirmativas 1 e 4.
  • B. São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.
  • C. São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.
  • D. São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.
  • E. São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4.

Questão de Concurso - 1211668

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 30

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

É correto afirmar de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

  • A.

    O prazo decadencial para se reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação tem início a partir do conhecimento do dano ou de sua autoria.

  • B.

    O direito de ação para reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação, tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos duráveis, prescreve em 90 dias.

  • C.

    Até o seu encerramento, o prazo para a contagem do direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação é obstado pela instauração de inquérito civil.

  • D.

    O prazo do direito de ação para reclamar pelos vícios, aparentes ou ocultos, e de fácil constatação inicia-se no momento em que ficar evidenciado o defeito.

  • E.

    O direito de reclamar pelos vícios, ocultos e aparentes, caduca em trinta dias tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos não duráveis.

Questão de Concurso - 1211573

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 1

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Texto 1

Reforma da Previdência: o que muda para os trabalhadores do setor privado

A principal mudança é a fixação de uma idade mínima para a aposentadoria, de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, e o fim da possibilidade de aposentadoria somente por tempo de contribuição.

Até então, era possível se aposentar tanto por idade quanto por tempo de contribuição. A idade mínima era de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres, com um tempo mínimo de contribuição de 15 anos.

Antes, quem quisesse se aposentar com menos idade, poderia fazê-lo desde que o tempo de contribuição fosse de 30 anos para mulheres e 35 anos para homens. Isso não é mais possível.

Com a reforma da previdência, o tempo mínimo de contribuição passa a ser de 15 anos para as mulheres e de 20 anos para os homens. Caso uma pessoa atinja a idade mínima para se aposentar (65 anos para homem e 62 anos para mulheres), mas não tenha o tempo mínimo de contribuição necessário, ela se aposentará com um salário mínimo.

Outra mudança importante estabelecida com a reforma da previdência foi no valor da aposentadoria a partir da média de todos os salários, em vez de permitir a exclusão das 20% menores contribuições.

A reforma também eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839,00) e estabelece regras de transição para os trabalhadores em atividade.

Cumprida a regra de idade, a aposentadoria será de 60% com o mínimo de 15 anos de contribuição. Cada ano a mais eleva o benefício em dois pontos percentuais, chegando a 100% para mulheres com 35 anos de contribuição e para homens com 40 anos de contribuição.

Disponível em: https://www.infomoney.com.br/economia/ o-que-muda-na-sua-aposentadoria-com-a-reforma-da-previdencia/ Acesso em: 13 de nov. de 2019. [Fragmento adaptado].

De acordo com o texto 1, é correto o que se afirma em:

  • A.

    Pela nova regra, o trabalhador poderá se aposentar quando completar a idade mínima – 65 anos para homens e 62 anos para mulheres –, independentemente do tempo de contribuição.

  • B.

    Na regra anterior, a única exigência para se aposentar era a idade mínima, que era menor do que a nova regra.

  • C.

    A reforma da previdência eleva as alíquotas de contribuição de todos os trabalhadores, mas será maior para os servidores públicos.

  • D.

    A partir do próximo ano, quem ainda não contribui para a previdência somente poderá se aposentar se completar a idade mínima e tiver 40 anos de contribuição.

  • E.

    Um homem que hoje tem 60 anos e 10 anos de contribuição para a previdência poderá se aposentar daqui a 5 anos, mas receberá somente 60% do valor a que teria direito se tivesse 40 anos de contribuição.

Questão de Concurso - 1211575

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 2

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Texto 1

Reforma da Previdência: o que muda para os trabalhadores do setor privado

A principal mudança é a fixação de uma idade mínima para a aposentadoria, de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, e o fim da possibilidade de aposentadoria somente por tempo de contribuição.

Até então, era possível se aposentar tanto por idade quanto por tempo de contribuição. A idade mínima era de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres, com um tempo mínimo de contribuição de 15 anos.

Antes, quem quisesse se aposentar com menos idade, poderia fazê-lo desde que o tempo de contribuição fosse de 30 anos para mulheres e 35 anos para homens. Isso não é mais possível.

Com a reforma da previdência, o tempo mínimo de contribuição passa a ser de 15 anos para as mulheres e de 20 anos para os homens. Caso uma pessoa atinja a idade mínima para se aposentar (65 anos para homem e 62 anos para mulheres), mas não tenha o tempo mínimo de contribuição necessário, ela se aposentará com um salário mínimo.

Outra mudança importante estabelecida com a reforma da previdência foi no valor da aposentadoria a partir da média de todos os salários, em vez de permitir a exclusão das 20% menores contribuições.

A reforma também eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839,00) e estabelece regras de transição para os trabalhadores em atividade.

Cumprida a regra de idade, a aposentadoria será de 60% com o mínimo de 15 anos de contribuição. Cada ano a mais eleva o benefício em dois pontos percentuais, chegando a 100% para mulheres com 35 anos de contribuição e para homens com 40 anos de contribuição.

Disponível em: https://www.infomoney.com.br/economia/ o-que-muda-na-sua-aposentadoria-com-a-reforma-da-previdencia/ Acesso em: 13 de nov. de 2019. [Fragmento adaptado].

Com base no texto 1, é correto afirmar que:

  • A.

    as novas regras de aposentadoria valem igualmente para homens e mulheres que vão entrar no mercado de trabalho a partir de 2020.

  • B.

    com a nova previdência, o cálculo do valor da aposentadoria levará em conta a média de todos os salários recebidos pelo trabalhador.

  • C.

    a partir de agora, com a reforma da previdência, as regras para os funcionários públicos passam a ser iguais às dos trabalhadores do setor privado.

  • D.

    existe um teto do INSS para a aposentadoria, exceto se o trabalhar pagar um pedágio de 100% sobre a média de seu salário.

  • E.

    na regra anterior à reforma, a idade mínima era de 60 anos para homens e 55 anos para mulheres, sem exigência de tempo mínimo de contribuição.

Questão de Concurso - 1211576

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 3

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Texto 1

Reforma da Previdência: o que muda para os trabalhadores do setor privado

A principal mudança é a fixação de uma idade mínima para a aposentadoria, de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, e o fim da possibilidade de aposentadoria somente por tempo de contribuição.

Até então, era possível se aposentar tanto por idade quanto por tempo de contribuição. A idade mínima era de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres, com um tempo mínimo de contribuição de 15 anos.

Antes, quem quisesse se aposentar com menos idade, poderia fazê-lo desde que o tempo de contribuição fosse de 30 anos para mulheres e 35 anos para homens. Isso não é mais possível.

Com a reforma da previdência, o tempo mínimo de contribuição passa a ser de 15 anos para as mulheres e de 20 anos para os homens. Caso uma pessoa atinja a idade mínima para se aposentar (65 anos para homem e 62 anos para mulheres), mas não tenha o tempo mínimo de contribuição necessário, ela se aposentará com um salário mínimo.

Outra mudança importante estabelecida com a reforma da previdência foi no valor da aposentadoria a partir da média de todos os salários, em vez de permitir a exclusão das 20% menores contribuições.

A reforma também eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839,00) e estabelece regras de transição para os trabalhadores em atividade.

Cumprida a regra de idade, a aposentadoria será de 60% com o mínimo de 15 anos de contribuição. Cada ano a mais eleva o benefício em dois pontos percentuais, chegando a 100% para mulheres com 35 anos de contribuição e para homens com 40 anos de contribuição.

Disponível em: https://www.infomoney.com.br/economia/ o-que-muda-na-sua-aposentadoria-com-a-reforma-da-previdencia/ Acesso em: 13 de nov. de 2019. [Fragmento adaptado].

Assinale a alternativa em que a substituição do termo destacado pelo termo sugerido entre parênteses mantém o significado do texto 1.

  • A.

    “Até então, era possível se aposentar tanto por idade quanto por tempo de contribuição.” (a década de 1960)

  • B.

    “Cumprida a regra de idade, a aposentadoria será de 60% com o mínimo de 15 anos de contribuição.” (Embora tenha cumprido)

  • C.

    “Antes, quem quisesse se aposentar com menos da idade, poderia fazê-lo desde que o tempo de contribuição fosse de 30 anos para mulheres e 35 anos para homens.” (a fim de que)

  • D.

    “Caso uma pessoa atinja a idade mínima para se aposentar (65 anos para homem e 62 anos para mulheres), mas não tenha o tempo mínimo de contribuição necessário, ela se aposentará com um salário mínimo.” (entretanto)

  • E.

    “Outra mudança importante estabelecida com a reforma da previdência foi no valor da aposentadoria a partir da média de todos os salários, em vez de permitir a exclusão das 20% menores contribuições.” (ao invés de)

Questão de Concurso - 1211577

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 4

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Assinale a alternativa em que todas as palavras têm, em sua sílaba tônica, uma vogal nasal.

  • A. an㠕 aluvião • órfão • ímã
  • B. moço • medo • mesmo • métrica
  • C. saltitante • sorrindo • alguns • recôncavo
  • D. conselho • mandato • contínuo • benquisto
  • E.

    encontraram • acreditam • espalhem • discursarem

Questão de Concurso - 1211578

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 5

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal.

  • A.

    És tu quem está de acordo com essa alternativa de encaminhamento da questão, não eu.

  • B.

    Leia-se à página quarenta e oito as duas metodologias sugeridas pelo autor.

  • C.

    Os Lusíadas, hoje, quase não é estudado nas escolas.

  • D.

    Pelas minhas contas, fazem mais ou menos quarenta anos que não tinha notícias de ti.

  • E.

    De acordo com o INEP, vinte por cento dos candidatos não fez as provas do ENEM.

Questão de Concurso - 1211580

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 6

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Assinale a alternativa na qual existe uma oração subordinada substantiva objetiva direta.

  • A.

    O Guarani, de José de Alencar, foi o livro de que mais gostei.

  • B.

    Apressou-se em comprar uma capa de chuva, pois havia previsão de chuva na região.

  • C.

    O acidente com o carro foi tão violento que a seguradora deu perda total.

  • D.

    Havia no jardim alguns pássaros que faziam algazarra logo ao amanhecer.

  • E.

    Estou fora disso porque sei que não tens condições de me pagar.

Questão de Concurso - 1211581

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 7

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Assinale a frase que está de acordo com as normas da língua escrita padrão.

  • A.

    Haviam alguns detalhes que precisa se inteirar melhor.

  • B.

    Como estava convencido de que havia sido procurado por interesses pessoais, recusou-se a atendê-los.

  • C.

    Como sou muito sensível à mudanças de temperatura costumo levar agasalhos extra.

  • D.

    Segue anexo, juntamente com a nota fiscal, as orientações para o encaminhamento da averbação do imóvel.

  • E.

    Sinto ter que lhe dizer isso, mas o fato é que tu não tem moral para me chamar à atenção.

Questão de Concurso - 1211582

Concurso CINCATARINA Analista Técnico - Área: Advogado 2019

Questão 8

Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE)

Nível Superior

Assinale a alternativa em que deve ser empregada a primeira das duas palavras que estão entre parênteses.

  • A.

    Por consta da inércia do judiciário, o crime (prescreveu/proscreveu) e ele livrou-se da condenação.

  • B.

    Ninguém comentou o assunto porque o fato passou (desapercebido/despercebido) de todos na festa.

  • C.

    O fazendeiro fez ao filho a (seção/cessão) de duzentas cabeças de gado.

  • D.

    De tempos em tempos, se faz um novo (senso/censo) da população.

  • E.

    Levou cerca de dois meses e meio para (diferir/deferir) a certidão pleiteada.