Questões de Concursos Câmara de Cubatão - SP (Câmara de Cubatão/SP)

Ver página Câmara de Cubatão/SP Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1171224

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 1

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Pesquisa estima efeitos econômicos "terríveis" da alta do nível do mar


A alta do nível do mar é um dos efeitos mais preocupantes das mudanças climáticas , mas a maioria dos estudos costumam focar nos efeitos diretos desse fenômeno, como o aumento de enchentes, a salinização dos solos e o deslocamento de populações .


Em uma nova pesquisa, cientistas resolveram estimar as consequências econômicas globais do aumento do nível do mar associado à tendência de aquecimento do Planeta , que esquenta e expande a água marinha, além de causar derretimento de calotas polares . Os resultados se revelaram "terríveis", segundo eles .


Publicado na revista Environmental Research Letters, o estudo liderado pelo Centro Oceanográfico Nacional do Reino Unido (NOC) descobriu que a elevação do nível do mar poderia custar US$ 14 trilhões por ano em todo o mundo , se a meta de manter temperaturas globais abaixo de 2ºC acima dos níveis pré- industriais até o final do século não for atingida.


Os pesquisadores também descobriram que os países emergentes , como a China e lndia, veriam o maior aumento nos custos de inundação, ao passo que os países de renda mais alta sofreriam menos , graças aos altos níveis existentes de infraestrutura de proteção.


Na ponta do lápis , sem medidas de adaptação, os custos globais de inundações aumentarão para US$ 14 trilhões por ano considerando uma elevação média do nível do mar de 0,86m, e até US$ 27 trilhões por ano para uma alta de 1,8 metros, o que representaria 2 ,8% do PIB global em 2100 .


Essas projeções revelam um futuro sombrio para muitas cidades costeiras e nações insulares no mundo e coloca centenas de milhares de pessoas em situação de risco , uma sentença severa que já ameaça a exi stência de micronações , como as Maldivas, o país mais baixo e plano da Terra , e Kiribati.

Adaptado) Vanessa Barbosa - Tex to publicado na Revista Exame edição de 07 de julho de 2018(


"Em uma nova pesquisa, cientistas resolveram estimar as consequências econômicas globais ... "


Em qual alternativa o verbo "estimar" foi empregado no mesmo sentido que o da frase acima?

  • A.

    Um grande erro: crer-se mais importante do que se é e estimar-se menos do que se vale . (Johann Goethe)

  • B.

    O primeiro método para estimar a inteligência de um governante é olhar para os homens que tem à sua volta. (Niccolo Maquiavel)

  • C.

    Neste sentido, ela diz estimar a igualdade tanto quanto a liberdade e lamenta o fato de alguns alemães ainda distinguirem os que saíram "do outro lado" . (Folha de São Paulo, 07/11/2009)

  • D.

    O próprio João Maurício ficou com receio de ficar com jeito de "bom samaritano", apesar de estimar pelos bons costumes dentro da casa . (Folha de São Paulo , 15/02/2012)

Questão de Concurso - 1171225

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 2

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Pesquisa estima efeitos econômicos "terríveis" da alta do nível do mar


A alta do nível do mar é um dos efeitos mais preocupantes das mudanças climáticas , mas a maioria dos estudos costumam focar nos efeitos diretos desse fenômeno, como o aumento de enchentes, a salinização dos solos e o deslocamento de populações .


Em uma nova pesquisa, cientistas resolveram estimar as consequências econômicas globais do aumento do nível do mar associado à tendência de aquecimento do Planeta , que esquenta e expande a água marinha, além de causar derretimento de calotas polares . Os resultados se revelaram "terríveis", segundo eles .


Publicado na revista Environmental Research Letters, o estudo liderado pelo Centro Oceanográfico Nacional do Reino Unido (NOC) descobriu que a elevação do nível do mar poderia custar US$ 14 trilhões por ano em todo o mundo , se a meta de manter temperaturas globais abaixo de 2ºC acima dos níveis pré- industriais até o final do século não for atingida.


Os pesquisadores também descobriram que os países emergentes , como a China e lndia, veriam o maior aumento nos custos de inundação, ao passo que os países de renda mais alta sofreriam menos , graças aos altos níveis existentes de infraestrutura de proteção.


Na ponta do lápis , sem medidas de adaptação, os custos globais de inundações aumentarão para US$ 14 trilhões por ano considerando uma elevação média do nível do mar de 0,86m, e até US$ 27 trilhões por ano para uma alta de 1,8 metros, o que representaria 2 ,8% do PIB global em 2100 .


Essas projeções revelam um futuro sombrio para muitas cidades costeiras e nações insulares no mundo e coloca centenas de milhares de pessoas em situação de risco , uma sentença severa que já ameaça a exi stência de micronações , como as Maldivas, o país mais baixo e plano da Terra , e Kiribati.

Adaptado) Vanessa Barbosa - Tex to publicado na Revista Exame edição de 07 de julho de 2018(


Analise os itens seguintes.


I. As enchentes, a salinização dos solos e o deslocamento de populações são as principais causas do aumento do nível do mar.

II. A alta do nível do mar também pode causar danos econômicos à humanidade.

III. As conclusões obtidas pelos cientistas foram alentadoras.


Representa(m) dedução(ões) possível(eis) da leitura do primeiro parágrafo do texto a(s) apresentada(s) em:


  • A.

    todos os itens .

  • B.

    dois itens, apenas.

  • C.

    um item, apenas.

  • D.

    nenhum dos itens .

Questão de Concurso - 1171226

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 3

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Pesquisa estima efeitos econômicos "terríveis" da alta do nível do mar


A alta do nível do mar é um dos efeitos mais preocupantes das mudanças climáticas , mas a maioria dos estudos costumam focar nos efeitos diretos desse fenômeno, como o aumento de enchentes, a salinização dos solos e o deslocamento de populações .


Em uma nova pesquisa, cientistas resolveram estimar as consequências econômicas globais do aumento do nível do mar associado à tendência de aquecimento do Planeta , que esquenta e expande a água marinha, além de causar derretimento de calotas polares . Os resultados se revelaram "terríveis", segundo eles .


Publicado na revista Environmental Research Letters, o estudo liderado pelo Centro Oceanográfico Nacional do Reino Unido (NOC) descobriu que a elevação do nível do mar poderia custar US$ 14 trilhões por ano em todo o mundo , se a meta de manter temperaturas globais abaixo de 2ºC acima dos níveis pré- industriais até o final do século não for atingida.


Os pesquisadores também descobriram que os países emergentes , como a China e lndia, veriam o maior aumento nos custos de inundação, ao passo que os países de renda mais alta sofreriam menos , graças aos altos níveis existentes de infraestrutura de proteção.


Na ponta do lápis , sem medidas de adaptação, os custos globais de inundações aumentarão para US$ 14 trilhões por ano considerando uma elevação média do nível do mar de 0,86m, e até US$ 27 trilhões por ano para uma alta de 1,8 metros, o que representaria 2 ,8% do PIB global em 2100 .


Essas projeções revelam um futuro sombrio para muitas cidades costeiras e nações insulares no mundo e coloca centenas de milhares de pessoas em situação de risco , uma sentença severa que já ameaça a exi stência de micronações , como as Maldivas, o país mais baixo e plano da Terra , e Kiribati.

Adaptado) Vanessa Barbosa - Tex to publicado na Revista Exame edição de 07 de julho de 2018(


"Os pesquisadores também descobriram que os países emergentes, como a China e Índia, veriam o maior aumento nos custos de inundação, ao passo que os países de renda mais alta sofreriam menos ... "


Considerando a circunstância que exprime a expressão em destaque, podemos afirmar que indica:


  • A.

    um fato relacionado proporcionalmente à ocorrência da principal.

  • B.

    a final idade ou o objetivo com que se realiza a principal.

  • C.

    uma circunstância de tempo ao fato expresso na oração principal.

  • D.

    ideia de comparação com referência à oração principal.

Questão de Concurso - 1171228

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 4

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Pesquisa estima efeitos econômicos "terríveis" da alta do nível do mar


A alta do nível do mar é um dos efeitos mais preocupantes das mudanças climáticas , mas a maioria dos estudos costumam focar nos efeitos diretos desse fenômeno, como o aumento de enchentes, a salinização dos solos e o deslocamento de populações .


Em uma nova pesquisa, cientistas resolveram estimar as consequências econômicas globais do aumento do nível do mar associado à tendência de aquecimento do Planeta , que esquenta e expande a água marinha, além de causar derretimento de calotas polares . Os resultados se revelaram "terríveis", segundo eles .


Publicado na revista Environmental Research Letters, o estudo liderado pelo Centro Oceanográfico Nacional do Reino Unido (NOC) descobriu que a elevação do nível do mar poderia custar US$ 14 trilhões por ano em todo o mundo , se a meta de manter temperaturas globais abaixo de 2ºC acima dos níveis pré- industriais até o final do século não for atingida.


Os pesquisadores também descobriram que os países emergentes , como a China e lndia, veriam o maior aumento nos custos de inundação, ao passo que os países de renda mais alta sofreriam menos , graças aos altos níveis existentes de infraestrutura de proteção.


Na ponta do lápis , sem medidas de adaptação, os custos globais de inundações aumentarão para US$ 14 trilhões por ano considerando uma elevação média do nível do mar de 0,86m, e até US$ 27 trilhões por ano para uma alta de 1,8 metros, o que representaria 2 ,8% do PIB global em 2100 .


Essas projeções revelam um futuro sombrio para muitas cidades costeiras e nações insulares no mundo e coloca centenas de milhares de pessoas em situação de risco , uma sentença severa que já ameaça a exi stência de micronações , como as Maldivas, o país mais baixo e plano da Terra , e Kiribati.

Adaptado) Vanessa Barbosa - Tex to publicado na Revista Exame edição de 07 de julho de 2018(


"Na ponta do lápis, sem medidas de adaptação, os custos globais de inundações aumentarão para US$ 14 trilhões por ano considerando uma elevação média do nível do mar de 0,86m, e até US$ 27 trilhões por ano para uma afta de 1,8 metros, o que representaria 2,8% do PIB global em 2100. "


Se transpusermos os verbos sublinhados para o Pretérito Perfeito do Modo Indicativo, então, deveremos substitui-los pelas formas presentes em qual alternativa?

  • A.

    aumentariam - representou.

  • B.

    aumentavam - representava.

  • C.

    aumentaram - representou.

  • D.

    aumentam - representa.

Questão de Concurso - 1171230

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 5

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Pesquisa estima efeitos econômicos "terríveis" da alta do nível do mar


A alta do nível do mar é um dos efeitos mais preocupantes das mudanças climáticas , mas a maioria dos estudos costumam focar nos efeitos diretos desse fenômeno, como o aumento de enchentes, a salinização dos solos e o deslocamento de populações .


Em uma nova pesquisa, cientistas resolveram estimar as consequências econômicas globais do aumento do nível do mar associado à tendência de aquecimento do Planeta , que esquenta e expande a água marinha, além de causar derretimento de calotas polares . Os resultados se revelaram "terríveis", segundo eles .


Publicado na revista Environmental Research Letters, o estudo liderado pelo Centro Oceanográfico Nacional do Reino Unido (NOC) descobriu que a elevação do nível do mar poderia custar US$ 14 trilhões por ano em todo o mundo , se a meta de manter temperaturas globais abaixo de 2ºC acima dos níveis pré- industriais até o final do século não for atingida.


Os pesquisadores também descobriram que os países emergentes , como a China e lndia, veriam o maior aumento nos custos de inundação, ao passo que os países de renda mais alta sofreriam menos , graças aos altos níveis existentes de infraestrutura de proteção.


Na ponta do lápis , sem medidas de adaptação, os custos globais de inundações aumentarão para US$ 14 trilhões por ano considerando uma elevação média do nível do mar de 0,86m, e até US$ 27 trilhões por ano para uma alta de 1,8 metros, o que representaria 2 ,8% do PIB global em 2100 .


Essas projeções revelam um futuro sombrio para muitas cidades costeiras e nações insulares no mundo e coloca centenas de milhares de pessoas em situação de risco , uma sentença severa que já ameaça a exi stência de micronações , como as Maldivas, o país mais baixo e plano da Terra , e Kiribati.

Adaptado) Vanessa Barbosa - Tex to publicado na Revista Exame edição de 07 de julho de 2018(


Qual alternativa apresenta uma constatação que está em consonância com as informações trazidas pelo texto?

  • A.

    A meta global , segundo pesquisadores , é baixar a temperatura dos oceanos em 2ºC.

  • B.

    As mudanças climáticas e a elevação do nível do mar causarão perdas econômicas anuais que poderão chegar a 27 trilhões de reais .

  • C.

    Os prejuízos causados pela elevação do nível médio do mar serão mormente sentidos pelos países pequenos , as chamadas micronações

  • D.

    China e Índia serão economicamente muito afetados pelos efeitos da elevação do nível do mar.

Questão de Concurso - 1171240

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 6

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Leia o texto a seguir para responder às questões de números 06 a 12.


Estudo confirma o impacto das mudanças climáticas na saúde


1. Desde o início do século 19 , com a Revolução Industrial , o impacto das ações do homem sobre o clima já provocou um aquecimento médio de mais de 1 ºC na Terra . Embora o número ainda não seja suficiente para provocar um cataclisma , já prejudica a vida de milhões de pessoas ao redor do planeta e coloca em risco todos os avanços em saúde pública dos últimos 50 anos. É o que mostra um relatório publicado pela Lancet, uma prestigiada publicação científica de medicina .


2. Elaborado com a contribuição de 24 instituições acadêmicas e organizações intergovernamentais , o Lancet Countdown levanta dados de saúde em todos os continentes , contando com uma equipe que inclui ecologistas , cientistas , economistas , engenheiros e especialistas em comida , transporte, energia e saúde pública .


3 . De acordo com o relatório , uma das principais evidências do impacto da mudança climática são as ondas de calor , cada vez mais intensas e frequentes . Entre 2000 e 2016 , 125 milhões de adultos em situação de vulnerabilidade no mundo sofreram com elas. Com o clima mais quente , as pessoas têm menos resistência , ocasionando uma redução de 5,3% da força mundial de trabalho . Em 2016 , tirou mais de 920 mil pessoas em todo mundo da força de trabalho , com 418 mil delas somente na Índia.


4 . Os desastres relacionados ao clima também estão mais frequentes , com um crescimento de 46 % desde 2000. A economia também sofre , com crescentes perdas desde 1990 . Em 2016 a economia global perdeu US$ 12 9 bilhões com eventos relacionados ao clima . O relatório também aponta o aumento de 10 % no número de mosquitos da dengue desde 1950 como resultado do aquecimento global.


5 . Os estragos não param por aí , já que, somente em 2015 , mais de 803 .000 mortes prematuras e evitáveis aconteceram em 21 países asiáticos foram devido a poluição do ar . Mas é na comida o principal impacto. A mudança climática provocou um declínio de 6 % na produtividade global do trigo e um declínio de 10 % nas safras de arroz . Se tudo continuar assim , mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo enfrentarão a necessidade de migrar dentro dos próximos 90 anos devido ao aumento do nível do mar causado pelo colapso da plataforma de gelo .


6 . O Brasil também sofre com as consequências : de acordo com o estudo , o volume médio de partículas finas em suspensão no ar é de 15 ug/m3 , enquanto a Organização Mundial de Saúde recomenda que o número não ultrapasse 1 O ug/m3 . A pior situação fica na pequena cidade de Santa Gertrudes , no interior de São Paulo , considerada a mais poluída do País . São 44 ug/m3 de partículas suspensas , principalmente devido a ação da indústria de cerâmica .


7 . Para o professor Anthony Costello, co-presidente da Lance! Countdown e um dos diretores da Organização Mundial da Saúde , a situação requer ação imediata . "A mudança climática está acontecendo e hoje é um problema de saúde para milhões em todo o mundo . A perspectiva é desafiadora , mas ainda temos a oportunidade de transformar uma emergência médica iminente no avanço mais significativo para a saúde pública neste século ", afirma . "Precisamos de medidas urgentes para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Os benefícios econômicos e de saúde oferecidos são enormes . O custo da inação será contado em perdas evitáveis de vidas em larga escala ".

Autor não é ide ntificado, Portal da R evista Galileu (03/11/20177) Te x to adap tado - Versão origin al, na íntegr a e sem alterações dispon/ve l em http s:l/re vistagaf ileu . globo.co m/ Ciencialnoticia/201 71 11 /estudo-confirma-o -im pacto-das-muda ncas-climaticas -n a-saude . htmf

Assinale a única alternativa cujo vocábulo sublinhado não poderia ser substituído por aquele entre parênteses.

  • A.

    .. . temos a oportunidade de transformar uma emergência médica iminente ... 7° parágrafo - (proeminente) .

  • B.

    De acordo com o relatório, uma das principais evidências do impacto da mudança climática são as ondas de calor ... 3° Parágrafo - (indicações) .

  • C.

    É o que mostra um relatório publicado pela Lance!, uma prestigiada publicação cientifica de medicina . 1° Parágrafo - (considerada)

  • D.

    O custo da inação será contado em perdas evitáveis .. . 7° parágrafo - (inércia).

Questão de Concurso - 1171246

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 7

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Leia o texto a seguir para responder às questões de números 06 a 12.


Estudo confirma o impacto das mudanças climáticas na saúde


1. Desde o início do século 19 , com a Revolução Industrial , o impacto das ações do homem sobre o clima já provocou um aquecimento médio de mais de 1 ºC na Terra . Embora o número ainda não seja suficiente para provocar um cataclisma , já prejudica a vida de milhões de pessoas ao redor do planeta e coloca em risco todos os avanços em saúde pública dos últimos 50 anos. É o que mostra um relatório publicado pela Lancet, uma prestigiada publicação científica de medicina .


2. Elaborado com a contribuição de 24 instituições acadêmicas e organizações intergovernamentais , o Lancet Countdown levanta dados de saúde em todos os continentes , contando com uma equipe que inclui ecologistas , cientistas , economistas , engenheiros e especialistas em comida , transporte, energia e saúde pública .


3 . De acordo com o relatório , uma das principais evidências do impacto da mudança climática são as ondas de calor , cada vez mais intensas e frequentes . Entre 2000 e 2016 , 125 milhões de adultos em situação de vulnerabilidade no mundo sofreram com elas. Com o clima mais quente , as pessoas têm menos resistência , ocasionando uma redução de 5,3% da força mundial de trabalho . Em 2016 , tirou mais de 920 mil pessoas em todo mundo da força de trabalho , com 418 mil delas somente na Índia.


4 . Os desastres relacionados ao clima também estão mais frequentes , com um crescimento de 46 % desde 2000. A economia também sofre , com crescentes perdas desde 1990 . Em 2016 a economia global perdeu US$ 12 9 bilhões com eventos relacionados ao clima . O relatório também aponta o aumento de 10 % no número de mosquitos da dengue desde 1950 como resultado do aquecimento global.


5 . Os estragos não param por aí , já que, somente em 2015 , mais de 803 .000 mortes prematuras e evitáveis aconteceram em 21 países asiáticos foram devido a poluição do ar . Mas é na comida o principal impacto. A mudança climática provocou um declínio de 6 % na produtividade global do trigo e um declínio de 10 % nas safras de arroz . Se tudo continuar assim , mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo enfrentarão a necessidade de migrar dentro dos próximos 90 anos devido ao aumento do nível do mar causado pelo colapso da plataforma de gelo .


6 . O Brasil também sofre com as consequências : de acordo com o estudo , o volume médio de partículas finas em suspensão no ar é de 15 ug/m3 , enquanto a Organização Mundial de Saúde recomenda que o número não ultrapasse 1 O ug/m3 . A pior situação fica na pequena cidade de Santa Gertrudes , no interior de São Paulo , considerada a mais poluída do País . São 44 ug/m3 de partículas suspensas , principalmente devido a ação da indústria de cerâmica .


7 . Para o professor Anthony Costello, co-presidente da Lance! Countdown e um dos diretores da Organização Mundial da Saúde , a situação requer ação imediata . "A mudança climática está acontecendo e hoje é um problema de saúde para milhões em todo o mundo . A perspectiva é desafiadora , mas ainda temos a oportunidade de transformar uma emergência médica iminente no avanço mais significativo para a saúde pública neste século ", afirma . "Precisamos de medidas urgentes para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Os benefícios econômicos e de saúde oferecidos são enormes . O custo da inação será contado em perdas evitáveis de vidas em larga escala ".

Autor não é ide ntificado, Portal da R evista Galileu (03/11/20177) Te x to adap tado - Versão origin al, na íntegr a e sem alterações dispon/ve l em http s:l/re vistagaf ileu . globo.co m/ Ciencialnoticia/201 71 11 /estudo-confirma-o -im pacto-das-muda ncas-climaticas -n a-saude . htmf

Assinale a alternativa que apresenta um dado correto sobre o texto da Revista Galileu.

  • A.

    O relatório divulgado pela Lancet , confirma a tendência alarmante de que nos últimos 50 anos houve um aquecimento de mais de 1ºC no clima da Terra

  • B.

    O estudo apontou que o aquecimento global afeta o Brasil , particularmente quanto à poluição atmosférica muito acima dos índices recomendáveis em algumas regiões

  • C.

    Os impactos do aumento da temperatura , a partir de 2000 , foram mais lesivos à economia, que cresceu nesse ano , mais de 46 %.

  • D.

    O aumento dos casos de Dengue , desde 2016, também está associado ao clima mais quente.

Questão de Concurso - 1171250

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 8

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Leia o texto a seguir para responder às questões de números 06 a 12.


Estudo confirma o impacto das mudanças climáticas na saúde


1. Desde o início do século 19 , com a Revolução Industrial , o impacto das ações do homem sobre o clima já provocou um aquecimento médio de mais de 1 ºC na Terra . Embora o número ainda não seja suficiente para provocar um cataclisma , já prejudica a vida de milhões de pessoas ao redor do planeta e coloca em risco todos os avanços em saúde pública dos últimos 50 anos. É o que mostra um relatório publicado pela Lancet, uma prestigiada publicação científica de medicina .


2. Elaborado com a contribuição de 24 instituições acadêmicas e organizações intergovernamentais , o Lancet Countdown levanta dados de saúde em todos os continentes , contando com uma equipe que inclui ecologistas , cientistas , economistas , engenheiros e especialistas em comida , transporte, energia e saúde pública .


3 . De acordo com o relatório , uma das principais evidências do impacto da mudança climática são as ondas de calor , cada vez mais intensas e frequentes . Entre 2000 e 2016 , 125 milhões de adultos em situação de vulnerabilidade no mundo sofreram com elas. Com o clima mais quente , as pessoas têm menos resistência , ocasionando uma redução de 5,3% da força mundial de trabalho . Em 2016 , tirou mais de 920 mil pessoas em todo mundo da força de trabalho , com 418 mil delas somente na Índia.


4 . Os desastres relacionados ao clima também estão mais frequentes , com um crescimento de 46 % desde 2000. A economia também sofre , com crescentes perdas desde 1990 . Em 2016 a economia global perdeu US$ 12 9 bilhões com eventos relacionados ao clima . O relatório também aponta o aumento de 10 % no número de mosquitos da dengue desde 1950 como resultado do aquecimento global.


5 . Os estragos não param por aí , já que, somente em 2015 , mais de 803 .000 mortes prematuras e evitáveis aconteceram em 21 países asiáticos foram devido a poluição do ar . Mas é na comida o principal impacto. A mudança climática provocou um declínio de 6 % na produtividade global do trigo e um declínio de 10 % nas safras de arroz . Se tudo continuar assim , mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo enfrentarão a necessidade de migrar dentro dos próximos 90 anos devido ao aumento do nível do mar causado pelo colapso da plataforma de gelo .


6 . O Brasil também sofre com as consequências : de acordo com o estudo , o volume médio de partículas finas em suspensão no ar é de 15 ug/m3 , enquanto a Organização Mundial de Saúde recomenda que o número não ultrapasse 1 O ug/m3 . A pior situação fica na pequena cidade de Santa Gertrudes , no interior de São Paulo , considerada a mais poluída do País . São 44 ug/m3 de partículas suspensas , principalmente devido a ação da indústria de cerâmica .


7 . Para o professor Anthony Costello, co-presidente da Lance! Countdown e um dos diretores da Organização Mundial da Saúde , a situação requer ação imediata . "A mudança climática está acontecendo e hoje é um problema de saúde para milhões em todo o mundo . A perspectiva é desafiadora , mas ainda temos a oportunidade de transformar uma emergência médica iminente no avanço mais significativo para a saúde pública neste século ", afirma . "Precisamos de medidas urgentes para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Os benefícios econômicos e de saúde oferecidos são enormes . O custo da inação será contado em perdas evitáveis de vidas em larga escala ".

Autor não é ide ntificado, Portal da R evista Galileu (03/11/20177) Te x to adap tado - Versão origin al, na íntegr a e sem alterações dispon/ve l em http s:l/re vistagaf ileu . globo.co m/ Ciencialnoticia/201 71 11 /estudo-confirma-o -im pacto-das-muda ncas-climaticas -n a-saude . htmf

"Embora o número ainda não seja suficiente para provocar um cataclisma, ... " (1° Parágrafo)


Sobre a expressão em destaque, assinale a alternativa correta.


  • A.

    O erro se encontra no artigo : o correto seria "uma " cataclisma.

  • B.

    Foi corretamente empregado, trata-se de um substantivo feminino cujo significado é "grande catástrofe ambiental".

  • C.

    Cataclisma indica desastre ou tragédia e cataclismo fenômeno meteorológico .

  • D.

    Na norma culta da língua o correto é "cataclismo ".

Questão de Concurso - 1171258

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 9

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Leia o texto a seguir para responder às questões de números 06 a 12.


Estudo confirma o impacto das mudanças climáticas na saúde


1. Desde o início do século 19 , com a Revolução Industrial , o impacto das ações do homem sobre o clima já provocou um aquecimento médio de mais de 1 ºC na Terra . Embora o número ainda não seja suficiente para provocar um cataclisma , já prejudica a vida de milhões de pessoas ao redor do planeta e coloca em risco todos os avanços em saúde pública dos últimos 50 anos. É o que mostra um relatório publicado pela Lancet, uma prestigiada publicação científica de medicina .


2. Elaborado com a contribuição de 24 instituições acadêmicas e organizações intergovernamentais , o Lancet Countdown levanta dados de saúde em todos os continentes , contando com uma equipe que inclui ecologistas , cientistas , economistas , engenheiros e especialistas em comida , transporte, energia e saúde pública .


3 . De acordo com o relatório , uma das principais evidências do impacto da mudança climática são as ondas de calor , cada vez mais intensas e frequentes . Entre 2000 e 2016 , 125 milhões de adultos em situação de vulnerabilidade no mundo sofreram com elas. Com o clima mais quente , as pessoas têm menos resistência , ocasionando uma redução de 5,3% da força mundial de trabalho . Em 2016 , tirou mais de 920 mil pessoas em todo mundo da força de trabalho , com 418 mil delas somente na Índia.


4 . Os desastres relacionados ao clima também estão mais frequentes , com um crescimento de 46 % desde 2000. A economia também sofre , com crescentes perdas desde 1990 . Em 2016 a economia global perdeu US$ 12 9 bilhões com eventos relacionados ao clima . O relatório também aponta o aumento de 10 % no número de mosquitos da dengue desde 1950 como resultado do aquecimento global.


5 . Os estragos não param por aí , já que, somente em 2015 , mais de 803 .000 mortes prematuras e evitáveis aconteceram em 21 países asiáticos foram devido a poluição do ar . Mas é na comida o principal impacto. A mudança climática provocou um declínio de 6 % na produtividade global do trigo e um declínio de 10 % nas safras de arroz . Se tudo continuar assim , mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo enfrentarão a necessidade de migrar dentro dos próximos 90 anos devido ao aumento do nível do mar causado pelo colapso da plataforma de gelo .


6 . O Brasil também sofre com as consequências : de acordo com o estudo , o volume médio de partículas finas em suspensão no ar é de 15 ug/m3 , enquanto a Organização Mundial de Saúde recomenda que o número não ultrapasse 1 O ug/m3 . A pior situação fica na pequena cidade de Santa Gertrudes , no interior de São Paulo , considerada a mais poluída do País . São 44 ug/m3 de partículas suspensas , principalmente devido a ação da indústria de cerâmica .


7 . Para o professor Anthony Costello, co-presidente da Lance! Countdown e um dos diretores da Organização Mundial da Saúde , a situação requer ação imediata . "A mudança climática está acontecendo e hoje é um problema de saúde para milhões em todo o mundo . A perspectiva é desafiadora , mas ainda temos a oportunidade de transformar uma emergência médica iminente no avanço mais significativo para a saúde pública neste século ", afirma . "Precisamos de medidas urgentes para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Os benefícios econômicos e de saúde oferecidos são enormes . O custo da inação será contado em perdas evitáveis de vidas em larga escala ".

Autor não é ide ntificado, Portal da R evista Galileu (03/11/20177) Te x to adap tado - Versão origin al, na íntegr a e sem alterações dispon/ve l em http s:l/re vistagaf ileu . globo.co m/ Ciencialnoticia/201 71 11 /estudo-confirma-o -im pacto-das-muda ncas-climaticas -n a-saude . htmf

O quinto parágrafo do texto, que a seguir reproduzimos, será utilizado na resolução das questões 9 e 1O.


Os estragos não param por aí, já que, somente em 2015, mais de 803.000 mortes prematuras e evitáveis aconteceram em 21 países asiáticos foram devido a poluição do ar. Mas é na comida o principal impacto. A mudança climática provocou um declínio de 6% na produtividade global do trigo e um declínio de 10% nas safras de arroz. Se tudo continuar assim, mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo enfrentarão a necessidade de migrar dentro dos próximos 90 anos devido ao aumento do nível do mar causado pelo colapso da plataforma de gelo.


Em qual alternativa o trecho sublinhado foi reescrito de forma a dar melhor clareza à oração que inaugura o parágrafo?

  • A.

    foram devidas a poluição do ar.

  • B.

    deveram-se a poluição do ar.

  • C.

    em decorrência da poluição do ar.

  • D.

    por causa da poluição do ar.

Questão de Concurso - 1171264

Concurso Câmara de Cubatão Assistente em Administração Pública 2018

Questão 10

Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)

Nível Médio

Leia o texto a seguir para responder às questões de números 06 a 12.


Estudo confirma o impacto das mudanças climáticas na saúde


1. Desde o início do século 19 , com a Revolução Industrial , o impacto das ações do homem sobre o clima já provocou um aquecimento médio de mais de 1 ºC na Terra . Embora o número ainda não seja suficiente para provocar um cataclisma , já prejudica a vida de milhões de pessoas ao redor do planeta e coloca em risco todos os avanços em saúde pública dos últimos 50 anos. É o que mostra um relatório publicado pela Lancet, uma prestigiada publicação científica de medicina .


2. Elaborado com a contribuição de 24 instituições acadêmicas e organizações intergovernamentais , o Lancet Countdown levanta dados de saúde em todos os continentes , contando com uma equipe que inclui ecologistas , cientistas , economistas , engenheiros e especialistas em comida , transporte, energia e saúde pública .


3 . De acordo com o relatório , uma das principais evidências do impacto da mudança climática são as ondas de calor , cada vez mais intensas e frequentes . Entre 2000 e 2016 , 125 milhões de adultos em situação de vulnerabilidade no mundo sofreram com elas. Com o clima mais quente , as pessoas têm menos resistência , ocasionando uma redução de 5,3% da força mundial de trabalho . Em 2016 , tirou mais de 920 mil pessoas em todo mundo da força de trabalho , com 418 mil delas somente na Índia.


4 . Os desastres relacionados ao clima também estão mais frequentes , com um crescimento de 46 % desde 2000. A economia também sofre , com crescentes perdas desde 1990 . Em 2016 a economia global perdeu US$ 12 9 bilhões com eventos relacionados ao clima . O relatório também aponta o aumento de 10 % no número de mosquitos da dengue desde 1950 como resultado do aquecimento global.


5 . Os estragos não param por aí , já que, somente em 2015 , mais de 803 .000 mortes prematuras e evitáveis aconteceram em 21 países asiáticos foram devido a poluição do ar . Mas é na comida o principal impacto. A mudança climática provocou um declínio de 6 % na produtividade global do trigo e um declínio de 10 % nas safras de arroz . Se tudo continuar assim , mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo enfrentarão a necessidade de migrar dentro dos próximos 90 anos devido ao aumento do nível do mar causado pelo colapso da plataforma de gelo .


6 . O Brasil também sofre com as consequências : de acordo com o estudo , o volume médio de partículas finas em suspensão no ar é de 15 ug/m3 , enquanto a Organização Mundial de Saúde recomenda que o número não ultrapasse 1 O ug/m3 . A pior situação fica na pequena cidade de Santa Gertrudes , no interior de São Paulo , considerada a mais poluída do País . São 44 ug/m3 de partículas suspensas , principalmente devido a ação da indústria de cerâmica .


7 . Para o professor Anthony Costello, co-presidente da Lance! Countdown e um dos diretores da Organização Mundial da Saúde , a situação requer ação imediata . "A mudança climática está acontecendo e hoje é um problema de saúde para milhões em todo o mundo . A perspectiva é desafiadora , mas ainda temos a oportunidade de transformar uma emergência médica iminente no avanço mais significativo para a saúde pública neste século ", afirma . "Precisamos de medidas urgentes para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Os benefícios econômicos e de saúde oferecidos são enormes . O custo da inação será contado em perdas evitáveis de vidas em larga escala ".

Autor não é ide ntificado, Portal da R evista Galileu (03/11/20177) Te x to adap tado - Versão origin al, na íntegr a e sem alterações dispon/ve l em http s:l/re vistagaf ileu . globo.co m/ Ciencialnoticia/201 71 11 /estudo-confirma-o -im pacto-das-muda ncas-climaticas -n a-saude . htmf

O quinto parágrafo do texto, que a seguir reproduzimos, será utilizado na resolução das questões 9 e 1O.


Os estragos não param por aí, já que, somente em 2015, mais de 803.000 mortes prematuras e evitáveis aconteceram em 21 países asiáticos foram devido a poluição do ar. Mas é na comida o principal impacto. A mudança climática provocou um declínio de 6% na produtividade global do trigo e um declínio de 10% nas safras de arroz. Se tudo continuar assim, mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo enfrentarão a necessidade de migrar dentro dos próximos 90 anos devido ao aumento do nível do mar causado pelo colapso da plataforma de gelo.


Da leitura do quinto parágrafo é possível concluir que não é um efeito relacionado ao aumento da temperatura:


  • A.

    elevação do nível do mar.

  • B.

    redução na produção de alimentos

  • C.

    deslocamento de populações em risco iminente de enchentes

  • D.

    proliferação de insetos.