Questões de Concursos Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES)

Ver página CODESA/ES Navegar questão a questão

Questão 156048

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 1

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

LÍNGUA PORTUGUESA

Leia o texto abaixo e responda às perguntas que seguem

De acordo com o texto, a diferença de interpretação sobre o dia do Servidor Público, entre o escriturário e o Governo, está relacionada:

  • A.

    ao significado da palavra consagrado;

  • B.

    à tradição de que, sendo ponto facultativo, não era dia de se trabalhar;

  • C.

    ao fato de Servidor Público (com maiúsculas) ter de cumprir suas obrigações;

  • D.

    a um princípio jurídico, referente ao que é feriado ou não;

  • E.

    a uma questão burocrática, relativa aos interesses dos servidores.

Questão 156073

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 2

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

No transcurso do texto, o leitor vai conhecendo o caráter do personagem João Brandão. Ele está apresentado, na ordem do texto, com as seguintes características:

  • A.

    inocente / deslumbrado / diligente / pacífico;

  • B.

    esperto / estudioso / trabalhador / cordato;

  • C.

    teimoso / apressado / prudente / sensato;

  • D.

    ingênuo / caxias / insistente / digno;

  • E.

    burocrata / dinâmico / determinado / controlado.

Questão 156083

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 3

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

Para João Brandão, dia facultativo é aquele em que:

  • A.

    não se pode trabalhar;

  • B.

    não é obrigatório trabalhar;

  • C.

    é recomendável não trabalhar;

  • D.

    não se deve trabalhar;

  • E.

    não se faculta trabalhar.

Questão 156087

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 4

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

O texto contém várias passagens com intenso tom de ironia. Dos trechos abaixo extraídos do texto, aquele em que NÃO se pode depreender sentido irônico é:

  • A.

    "o Departamento Meteorológico anunciava: 'céu azul, praia, ponto facultativo'";

  • B.

    "Instituto Nacional da Goiaba, que, como é do domínio público, estuda as causas da inexistência dessa matéria-prima na composição das goiabadas";

  • C.

    "Nossas repartições atingiram tal grau de dinamismo e fragor, que chega a ser desejável o não comparecimento de 90 por cento dos funcionários";

  • D.

    "Encontrou cerradas as grandes portas de bronze, ouro e pórfiro";

  • E.

    "João pensava saber, mas nesse momento teve a intuição de que o verdadeiro sentido das palavras não está no dicionário".

Questão 156091

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 5

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

De acordo com o texto, nas repartições públicas, para que se possa "produzir um bocadinho", é necessário que o número de bons funcionários seja:

  • A.

    diretamente proporcional ao número de funcionários menos diligentes;

  • B.

    inversamente proporcional ao número de funcionários caxias;

  • C.

    inversamente proporcional ao número de funcionários negligentes;

  • D.

    diretamente proporcional ao número de dias trabalhados;

  • E.

    inversamente proporcional aos dias de ponto facultativo.

Questão 156097

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 6

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

No trecho "Encontrou cerradas as grandes portas de bronze, ouro e pórfiro", a palavra em negrito pode ter a sua significação confundida com a da palavra serradas, por causa da idêntica pronúncia. Nas frases abaixo, as lacunas são sempre preenchidas com a primeira das palavras de idêntica pronúncia apresentadas entre parênteses, exceto em uma delas cuja lacuna tem de ser preenchida com a segunda palavra. Essa última frase é:

  • A.

    O escriturário aproveitou o feriado para assistir a um _____ (concerto / conserto) da OSN.

  • B.

    João Brandão estava lotado naquela repartição _____ (há cerca de / a cerca de) dez anos.

  • C.

    João Brandão trabalhava na _____ (sessão / seção) de análise das matérias-primas.

  • D.

    O Governo vai promover um _____ (censo / senso) dos servidores, para melhoraria do serviço.

  • E.

    Para que possa _____ (ascender / acender) no serviço público, o servidor tem de demonstrar interesse.

Questão 156100

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 7

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

A presença do gato, como único sinal de vida nos arredores do prédio, reforça, no texto, a idéia de que:

  • A.

    João Brandão encontraria total resistência para entrar no prédio;

  • B.

    em dia de ponto facultativo, nem os vigias vão trabalhar;

  • C.

    os funcionários menos diligentes são mais numerosos do que os caxias;

  • D.

    só os animais comparecem ao trabalho em dia de ponto facultativo;

  • E.

    ponto facultativo é descanso obrigatório, no duro.

Questão 156113

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 8

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

Com a expressão em negrito no trecho "mas as portas mantiveram-se surdas e nada facultativas", o autor quis dizer que, em relação ao esforço de João Brandão, as portas:

  • A.

    barraram-lhe a entrada;

  • B.

    impediram que ele trabalhasse;

  • C.

    também descansavam, aproveitando o ponto facultativo;

  • D.

    debochavam de seu esforço;

  • E.

    reprovavam a idéia de ele querer trabalhar.

Questão 156130

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 9

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

O telefone da residência do chefe não respondeu. Isto porque o chefe:

  • A.

    aproveitando o feriado, tinha ido pescar em Mangaratiba;

  • B.

    entendendo que dia de ponto facultativo é feriado, buscou alguma atividade lúdica;

  • C.

    fugindo às suas obrigações, tinha ido jogar pinguepongue em Correias;

  • D.

    extrapolando as suas funções, estudava holandês como uma nativa na Barra da Tijuca;

  • E.

    não querendo ser incomodado no feriado, resolveu não atender o telefone.

Questão 156141

Companhia Docas do Espírito Santo - ES (CODESA/ES) 2005

Cargo: Técnico - Área Guarda Portuário / Questão 10

Banca: Fundação José Pelúcio Ferreira (FJPF)

Nível: Médio

Ao dizer que o vigia "brotou da grama", o autor quis dar a entender que o aparecimento do vigia foi:

  • A.

    calculado;

  • B.

    indesejado;

  • C.

    entrevisto;

  • D.

    inesperado;

  • E.

    pressentido.