Direito Processual Penal Da Prisão e da Liberdade Provisória

“A” foi preso em flagrante delito. Nessa circunstância,
  • A. caso a infração que lhe foi atribuída fosse permanente, “A” poderia ter sido preso em flagrante enquanto não cessasse a permanência.
  • B. “A” poderia estar em flagrante apenas se estivesse, no momento da prisão em flagrante, cometendo a infração penal.
  • C. se não houver testemunhas presenciais da infração, não poderá ser lavrado o auto de prisão em flagrante de “A”.
  • D. a prisão em flagrante de “A” e o local onde se encontre preso serão comunicados apenas à família de “A” e à Defensoria Pública.
  • E. “A” pode ter sido preso em flagrante somente pelas autoridades policiais e seus agentes.