Questão de concurso
1
Q1616413
Direito Sanitário e Saúde Portarias, Normas e Programas do Ministério da Saúde
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2021
Banca: Instituto Americano de desenvolvimento - IADES
Prova: IADES - SES SP - Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo - Residência em Psicologia - Área: Saúde da Família

Uma equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), composta por uma psicóloga, uma assistente social, uma farmacêutica e uma nutricionista, atendeu uma usuária referenciada por uma equipe de Saúde da Família (eSF). No atendimento, constatou-se a necessidade de encaminhar a usuária para programas de proteção social básica, tendo em vista a atual condição de desemprego dela e o fato de ela estar sustentando sozinha três filhos menores de 10 anos de idade. A usuária relata muita ansiedade e, por vezes, ideias autodestrutivas, o que motivou a equipe do NASF a referenciá-la junto ao Centro de Atenção Psicossocial – CAPS II – do respectivo bairro. A equipe do NASF entendeu que haveria necessidade de se reunir com a eSF mensalmente para acompanhar a evolução dos encaminhamentos propostos e a construção de novas estratégias de cuidado junto à referida usuária e à respectiva família.


Quanto a esse caso clínico, assinale a alternativa correta

A

A ação da equipe do NASF evidencia a tentativa de estabelecimento de uma gestão das demandas da usuária, de maneira a envolver diversos segmentos da rede de atenção integral, setorial e intersetorial, de modo a buscar um olhar clínico ampliado a respeito do caso.

B

Não há necessidade de a equipe do NASF realizar encaminhamentos, tendo em vista que as demandas relatadas pela usuária podem ser atendidas pelos diferentes profissionais que compõem essa equipe.

C

Para esse caso, o procedimento mais indicado seria a prescrição de psicoterapia individual para a usuária no próprio NASF.

D

A ação da equipe do NASF coloca em prática o princípio da universalidade do Sistema Único de Saúde.

E

Não é possível chamar de matriciamento a ação da equipe do NASF, pois não há ações realizadas de maneira protocolar com gestão verticalizada.