Questões de Concurso #481301
1
Q481301
Enfermagem Programa Nacional de Imunização
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2012
Banca: INTELECTUS -
Prova: INTELECTUS - Prefeitura de Lontras - Enfermeiro Comunitário

A vacina deve ser administrada o mais precoce possível, preferencialmente após o nascimento. Nos prematuros com menos de 36 semanas administrar a vacina após completar um mês de vida e atingir 2 Kg. Contatos intradomicíliares de portadores de hanseníase menores de um ano de idade, comprovadamente vacinados, não necessitam da administração de outra dose. Contatos de portadores de hanseníase com mais de um ano de idade, sem cicatriz - administrar uma dose. Contatos comprovadamente vacinados com a primeira dose - administrar outra dose. Manter o intervalo mínimo de seis meses entre as doses da vacina. Contatos com duas doses não administrar nenhuma dose adicional. Na incerteza da existência de cicatriz vacinal ao exame dos contatos intradomiciliares de portadores de hanseníase, aplicar uma dose, independentemente da idade. Para criança HIV positiva a vacina deve ser administrada ao nascimento ou o mais precocemente possível. Para as crianças que chegam aos serviços ainda não vacinados, a vacina está contra-indicada na existência de sinais e sintomas de imunodeficiência, não se indica a revacinação de rotina. Para os portadores de HIV (positivo) a vacina está contra indicada em qualquer situação. As peculiaridades citadas acima sobre o esquema de vacinação é referente à Vacina:

A

Vacina da Hepatite B

B

Vacina BCG

C

Vacina Tretavalente

D

Vacina Tríplice Viral