Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica Instalações Elétricas e Projetos Elétricos Subestações

Após a manutenção de disjuntores é necessário proceder a testes para verificar a simultaneidade de fechamento dos pólos. A técnica mais corrente para Disjuntores de grande volume de óleo é a seguinte:
  • A. São estabelecidos dois circuitos alimentados, por uma baixa tensão alternada ou contínua, e constituídos cada um pelo contato do disjuntor e por uma lâmpada. O disjuntor é fechado lentamente, por meios manuais. Antes da regulagem de espaço entre contatos, as três lâmpadas acendem em momentos diferentes. O ajuste da simultaneidade dos pólos consiste, evidentemente, em levar as lâmpadas a acender no mesmo momento
  • B. São estabelecidos três circuitos alimentados, por uma alta tensão alternada ou contínua, e constituídos cada um pelo contato do disjuntor e por uma lâmpada. O disjuntor é fechado lentamente, por meios manuais. Antes da regulagem de espaço entre contatos, as três lâmpadas acendem em momentos diferentes. O ajuste da simultaneidade dos pólos consiste, evidentemente, em levar as lâmpadas a acender no mesmo momento.
  • C. São estabelecidos dois circuitos alimentados, por uma baixa tensão alternada ou contínua, e constituídos cada um pelo contato do disjuntor e por uma lâmpada. O disjuntor é fechado lentamente, por meios eletrônicos. Antes da regulagem de espaço entre contatos, as três lâmpadas acendem em momentos diferentes. O ajuste da simultaneidade dos pólos consiste, evidentemente, em levar as lâmpadas a acender no mesmo momento
  • D. São estabelecidos três circuitos alimentados, por uma baixa tensão alternada ou contínua, e constituídos cada um pelo contato do disjuntor e por uma lâmpada. O disjuntor é fechado lentamente, por meios manuais. Antes da regulagem de espaço entre contatos, as três lâmpadas acendem em momentos diferentes. O ajuste da simultaneidade dos pólos consiste, evidentemente, em levar as lâmpadas a acender no mesmo momento
  • E. É estabelecido um circuito alimentado, por uma baixa tensão contínua, e constituído pelo contato do disjuntor e por três lâmpadas. O disjuntor é fechado lentamente, por meios manuais. Antes da regulagem de espaço entre contatos, as lâmpadas acendem em momentos diferentes. O ajuste da simultaneidade dos pólos consiste, evidentemente, em levar as lâmpadas a acender no mesmo momento.