Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica Telecomunicações Telefonia Celular

O número de aparelhos telefônicos celulares ultrapassou recentemente o número de aparelhos de telefonia fixa no Brasil. Essa tendência, que parece ser mundial, impulsiona o desenvolvimento de técnicas avançadas de comunicações móveis pessoais, fazendo que o telefone celular deixe de ser apenas um instrumento para comunicações de voz e passe a prover diversos outros recursos de comunicação multimídia. Uma das tecnologias de telefonia celular mais difundidas em todo o mundo, e no Brasil, é o GSM (global system for mobile communications). Acerca do GSM e de suas tendências de evolução para acomodar as novas demandas por serviços de comunicações móveis pessoais, julgue os itens que se seguem.

Uma característica relevante do GSM consiste na utilização de chip eletrônico (pequeno smart-card) para identificação do assinante, conhecido como SIM (subscriber identity module). O SIM tem dupla finalidade. Em primeiro lugar, o SIM permite que um assinante possa acessar os serviços de sua assinatura em aparelhos celulares diferentes, pois os códigos de identificação do assinante são armazenados no SIM e não no aparelho celular. Em segundo lugar, possibilita que o assinante seja identificado e autenticado mundialmente, pois o SIM possui um código de identificação internacional protegido com segurança criptográfica proprietária. Com o uso desses códigos secretos do assinante, que são armazenados no chip, toda comunicação de voz entre a estação móvel e a BTS em uma rede GSM é criptografada com objetivo de evitar escutas clandestinas por captura dos sinais de radiofreqüência.

  • C. Certo
  • E. Errado