Questões de Concurso de Os Contratualistas (Hobbes, Locke e Rousseau) - Filosofia

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 915403

Concurso DPU Defensor Público Federal de Segunda Categoria 2017

Questão 189

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Em uma ação de reintegração de posse, foi determinada a remoção de centenas de famílias, que havia anos tinham fixado moradia no local e compartilhavam a prestação de serviços mútuos. Antes da ocupação, o espaço era um terreno abandonado de propriedade da massa falida de uma empresa em débito com a fazenda pública, única credora habilitada. A comunidade, além da mobilização junto aos governos municipal e estadual com o objetivo de regularizar a ocupação, havia, por meio de sua associação, procurado o órgão da DP, que, na oportunidade, ajuizou ação de desapropriação indireta, que ainda não havia sido julgada. Quando do cumprimento da decisão de reintegração de posse, diante da resistência dos integrantes da ocupação, registrou-se o uso desproporcional de violência pela força policial, tendo a ação resultado em prisões, pessoas feridas e perda de objetos pessoais dos moradores.

A respeito dessa situação hipotética e de ideias relacionadas à sociologia do direito, julgue os itens a seguir.

A decisão judicial em apreço — de reintegração de posse — é exemplo do efeito simbólico que a norma sobre a função social da propriedade representa no ordenamento jurídico brasileiro.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1131301

Concurso Câmara de Fortaleza Agente Administrativo 2019

Questão 21

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Médio

Para Hobbes, a mais alta expressão da justiça está no cumprimento das determinações do soberano, na medida em que os homens alienaram seus interesses pessoais àquele que lhe dá em troca a segurança e a paz. Mas ao mesmo tempo essa submissão ao poder estatal não nega o fato de que haja uma lei da natureza, que se expressa pela razão, e que, justamente pelas insuficiências dos homens em concretizá-la em estado de natureza, é suplantada pela lei civil do soberano. [...] O direito do homem à sua preservação resulta da razão mas, além disso, é uma condição humana concreta. Por direito natural, os homens podem se defender, mas, mesmo que não lhes fosse permitido, fariam-no do mesmo modo. [...] Por isso, a lei fundamental da natureza, que manda buscar e seguir a paz, é imediatamente acompanhada por um direito natural fundamental, procurar todos os meios de defesa própria em caso de ausência de paz.

(MASCARO, Alysson Leandro. Filosofia do Direito. São Paulo: Atlas, 2018, p. 167 e 169)


De acordo com as ideias expostas acima e em consonância com o pensamento de Thomas Hobbes,


  • A.

    o estado de natureza representa o governo do soberano e a organização jurídica da sociedade civil.

  • B.

    estado de natureza e poder soberano são exatamente iguais.

  • C.

    o Estado fundamenta-se na razão e no poder soberano.

  • D.

    a sociedade civil está totalmente desvinculada do direito natural e do Estado.

  • E.

    estado de natureza, direito natural e sociedade civil são conceitos idênticos.

Questão de Concurso - 1178063

Concurso

Questão 47

Nível

Na obra Leviatã, Hobbes opõe-se à tese aristotélica de que o homem é sociável por natureza, dizendo que

  • A.

    as organizações sociais respondem a necessidades objetivas dos seres humanos, visto que eles precisam da proteção de um estado organizado e forte.

  • B.

    a socialização desvirtua o homem, tornando-o indefeso e marginalizado.

  • C.

    os indivíduos nascem livres e autônomos e rejeitam a vida em sociedade por ser escravizante.

  • D.

    é impossível a constituição de uma sociedade organizada e pacífica porque não atende às características naturais dos indivíduos.

  • E.

    no estado de natureza os indivíduos vivem isolados e em luta permanente, vigorando a discórdia e a luta de uns contra os outros.

Questão de Concurso - 1202816

Concurso SEE Professor de Educação Básica - Área: Filosofia 2019

Questão 35

Instituto AOCP (Instituto AOCP)

Nível Superior

O filósofo Thomas Hobbes proporcionou ao tema do poder a primeira abordagem jurídica da modernidade. Em sua filosofia, o indivíduo é movido por paixões naturais, por isso a sua meta não consiste em ser benevolente em relação aos outros, mas sim em realizar tanto os seus interesses quanto os seus desejos. A partir disso, o estado de natureza pode ser caracterizado como

  • A.

    “uma guerra de todos contra todos”, porque há conflitos entre os indivíduos e predominam os interesses egoístas.

  • B. uma soberania absoluta exercida por reis.
  • C. repleto de leis e de organização.
  • D.

    uma paz perpétua, ou seja, tranquilidade e pacificidade constantes.

Questão de Concurso - 1142611

Concurso

Questão 47

Nível

Na obra Leviatã, Hobbes opõe-se à tese aristotélica de que o homem é sociável por natureza, dizendo que

  • A.

    as organizações sociais respondem a necessidades objetivas dos seres humanos, visto que eles precisam da proteção de um estado organizado e forte.

  • B.

    a socialização desvirtua o homem, tornando-o indefeso e marginalizado.

  • C.

    os indivíduos nascem livres e autônomos e rejeitam a vida em sociedade por ser escravizante.

  • D.

    é impossível a constituição de uma sociedade organizada e pacífica porque não atende às características naturais dos indivíduos.

  • E.

    no estado de natureza os indivíduos vivem isolados e em luta permanente, vigorando a discórdia e a luta de uns contra os outros.

Questão de Concurso - 1050088

Concurso PM BB Aluno Oficial/Aspirante a Soldado - PM 2016

Questão 12

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Superior

O pensamento de Rousseau é muitas vezes entendido como radical no que se refere à sua visão de democracia porque
  • A. propõe que só com o socialismo poderemos chegar a uma verdadeira democracia, pois assim se estabelece a igualdade entre os homens.
  • B. propõe o voto direto para todos os cargos de representantes do povo.
  • C. critica as formas de representação vigentes, dizendo que somente quando votamos é que somos livres e soberanos.
  • D. concebe a necessidade de um Estado acima da Sociedade que submete a todos igualmente.
  • E. defende, pela primeira vez, o direito de voto para as mulheres para que seja garantida a democracia.

Questão de Concurso - 1016147

Concurso SEDUC Professor - Área: Filosofia 2018

Questão 37

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Nível Superior

O direito de resistência foi defendido com ênfase pelo filósofo
  • A. Immanuel Kant.
  • B. Jean Jacques Rousseau.
  • C. Robert Filmer.
  • D. John Locke.

Questão de Concurso - 1016150

Concurso SEDUC Professor - Área: Filosofia 2018

Questão 40

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Nível Superior

De acordo com Locke, um homem renuncia ao estado de natureza e ingressa na sociedade política porque
  • A. ele vai desfrutar de liberdade absoluta quando sujeito ao estado.
  • B. o estado de natureza é um estado sem a limitação de nenhuma lei.
  • C. no estado de natureza, o gozo de sua liberdade é muito incerto e inseguro.
  • D. ele rejeita as leis do estado de natureza.

Questão de Concurso - 1016176

Concurso SEDUC Professor - Área: Filosofia 2018

Questão 66

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Nível Superior

Conforme a obra O Contrato Social de Rousseau, a vontade geral pode ser concebida como
  • A. a soma das vontades particulares dos cidadãos.
  • B. a vontade do poder executivo eleito em sufrágio universal pela maioria dos cidadãos.
  • C. a que expressa o que há de comum em todas as vontades individuais.
  • D. a vontade comum da maioria dos representantes do povo.

Questão de Concurso - 1110092

Concurso

Questão 31

Nível

Os pensadores Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau, (contratualistas clássicos ou jusnaturalistas), partem da ideia de direito natural e do contrato como forma de regulação das relações entre governantes e governados. Sobre o assunto, informe se é (V) verdadeiro ou (F) falso o que se afirma a seguir: 


( ) Para Thomas Hobbes o homem vive em conflito permanente, onde a violência e a insegurança predominam. 

( ) John Locke parte da ideia de contrato social como mediador da passagem do estado de natureza para o Estado Civil.

( ) Jean-Jacques Rousseau entende que para um governo garantir sua legitimidade, é necessário que responda os anseios do rei. 

( ) Para John Locke a propriedade é um direito natural. 

( ) Thomas Hobbes pretende dar uma justificativa sobrenatural para a existência do Estado (absolutista). 


A sequência correta de cima para baixo é:

  • A. V, V, V, F, F.
  • B. F, F, V, V, V.
  • C. V, V, F, V, F.
  • D. F, F, V, F, V.
  • E. F, V, F, V, V.