Lei nº 8.069/1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente / ECA Parte Geral Direitos Fundamentais (art. 7º ao 69)

Lucas, dezesseis anos, teve que ir ao posto de saúde, pois caiu sobre o braço jogando futebol. Ele se queixava de muitas dores, havendo suspeita de fratura. Como não estava acompanhado do responsável, o funcionário que o atendeu, alegando cumprir o que dispõe o Estatuto da Criança e do Adolescente, deu ao caso, a seguinte solução:

  • A.

    não o atendeu pois ele tem mais que quatorze anos;

  • B.

    o atenderia mediante a chegada do responsável;

  • C.

    teve atendimento imediato, uma vez que tem preferência;

  • D.

    seria atendido na sua vez pois havia muita gente na sua frente;

  • E.

    não foi atendido pois é considerado adulto, sendo encaminhado a um hospital de ortopedia.