Questões de Concurso de Pressupostos e subentendidos - Língua Portuguesa

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1061321

Concurso SLU Analista de Gestão de Resíduos Sólidos - Área Administração 2019

Questão 13

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior


A respeito dos sentidos e dos aspectos linguísticos do texto CB1A1-II, julgue os itens que se seguem.

O segmento “Se aceitamos que, de segunda a sexta-feira, os dias são úteis” (ℓ. 1 e 2) expressa uma hipótese real, ou seja, expressa um fato existente.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1082056

Concurso PGM Procurador Municipal 2019

Questão 1

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Depreende-se do texto que os litígios estruturais resultam, entre outros fatores, da luta pela implementação de direitos.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 962872

Concurso Analista Legislativo Municipal - Área Taquigrafia 2017

Questão 55

Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Nível Superior

Ouvir a opinião do outro, trabalhar em equipe e compartilhar conhecimento são habilidades desejadas não só no mercado de trabalho, mas no exercício da cidadania e nas relações interpessoais”.

Só NÃO se pode inferir desse segmento inicial do texto 4 que:

  • A. o conhecimento é uma construção individual que se realiza no bem comum;
  • B. o trabalhador, o cidadão e a pessoa adquirem mais competência se trabalham em comum;
  • C. o outro é de grande importância na produção de conhecimento;
  • D. o egoísmo intelectual se opõe à aquisição de conhecimento;
  • E. o trabalho em equipe e o compartilhamento de conhecimentos são metas a serem alcançadas.

Questão de Concurso - 958725

Concurso SANEAGO Analista de Sistemas 2017

Questão 1

Universidade Federal do Goiás (UFGO)

Nível Superior

Do enunciado “No começo não existia o mundo. Existia o ƗMƗKOHO ÑEKƗ, (O Avô do Mundo)”, infere-se que, para o povo Tukano,
  • A. o universo é resultado de invenção mitológica.
  • B. existiu um plano superior de seres não humanos.
  • C. o mundo é a representação do universo não indígena.
  • D. existiu um tempo-lugar anterior ao do mundo atual habitado.

Questão de Concurso - 1205823

Concurso CRO - DF Fiscal 2019

Questão 2

Instituto Quadrix

Nível Superior

Considerando a tipologia do texto, as ideias nele expressas e seus aspectos linguísticos, julgue os itens de 1 a 8.

Entende-se da leitura do texto que o processo de globalização possibilitou ao Brasil a ampliação do acesso aos avanços tecnológicos na área da odontologia.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 1214226

Concurso ALE Assistente Legislativo 2019

Questão 1

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Médio

Atenção: Para responder às questões de números 1 a 5, baseie-se no texto abaixo.

[O motor da preguiça]

Acho que a verdadeira força motriz do desenvolvimento humano, a razão da superioridade e do sucesso do Homem, foi a preguiça. A técnica é fruto da preguiça. O que são o estilingue, a flecha e a lança senão maneiras de não precisar ir lá e esgoelar a caça ou um semelhante com as mãos, arriscando-se a levar a pior e perder a viagem? O que estaria pensando o inventor da roda senão no eventual desenvolvimento da charrete, que, atrelada a um animal menos preguiçoso do que ele, o levaria a toda parte sem que ele precisasse correr ou caminhar?

Toda a história das telecomunicações, desde os tambores tribais e seus códigos primitivos até os sinais da TV e a internet, se deve ao desejo humano de enviar a mensagem em vez de ir entregá-la pessoalmente. A fome de riqueza e poder do Homem não passa da vontade de poder mandar os outros fazerem o que ele tem preguiça de fazer, seja de trazer os seus chinelos ou construir suas pirâmides.

A química moderna é filha da alquimia, que era a tentativa de ter o ouro sem ter que procurá-lo, ou trabalhar para merecê-lo. A física e a filosofia são produtos da contemplação, que é um subproduto da indolência e uma alternativa para a sesta, A grande arte também se deve à preguiça. Não por acaso, o que é considerada a maior realização da melhor época da arte ocidental, o teto da Capela Sistina, foi feita pelo Michelangelo deitado. Marcel Proust escreveu Em busca do tempo perdido deitado. Vá lá, recostado. As duas maiores invenções contemporâneas, depois do antibiótico e do microchip, que são a escada rolante e o manobrista, devem sua existência à preguiça. E nem vamos falar no controle remoto.

(Adaptado de: VERISSIMO, Luis Fernando. O mundo é bárbaro. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008, p. 54-55)

No segundo parágrafo, a fome de riqueza e poder do Homem é dada como justificativa para a

  • A.

    obtenção de meios que lhe permitam dominar seus semelhantes, obrigando-os às mais variadas tarefas.

  • B.

    improvisação permanente de técnicas ineficazes, pelas quais o poderio almejado se transforma em duro fracasso.

  • C.

    criação de obras de arte de valor inestimável, como as produzidas pela genialidade de Michelangelo e de Proust.

  • D.

    contemplação filosófica, que leva os homens a erguerem seu pensamento para as mais altas ideias.

  • E.

    substituição do talento pessoal pelo esforço de chegar a alguma invenção de grande repercussão política.

Questão de Concurso - 1202160

Concurso EBSERH Técnico em Enfermagem 2019

Questão 12

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Médio

Leia o texto para responder às questões de números 10 a 15.

O galã

     Um belo dia, naquela pacata e honesta capital da província de segunda ordem, apareceram, pregados nas esquinas, enormes cartazes anunciando a próxima estreia de uma excelente companhia dramática, vinda do Rio de Janeiro.

     Há muito tempo o velho teatro não abria as portas ao público, e este, enfarado1 de peloticas2 e cavalinhos, andava sequioso de drama e comédia.

     Havia, portanto, na cidade uma animação e rebuliço desusados.

    Falara-se na vinda da companhia, mas ninguém tinha absoluta certeza de que ela viesse, porque o empresário receava não fazer para as despesas. Agora, os cartazes, impressos em letras garrafais, confirmavam a auspiciosa notícia, provocando um entusiasmo indizível. Muita gente saía de casa só para os ver, certificando-se, pelos próprios olhos, de tão grata novidade.

   A companhia anunciada era, efetivamente, a melhor, talvez, de quantas até então se tinham aventurado às incertezas de uma temporada naquela cidade tranquila. Quando a companhia chegou, foi uma verdadeira festa. Grande massa de povo aguardava-a no cais de desembarque; houve música, foguetes e aclamações.

(Arthur Azevedo, “O galã”. Seleção de Contos, 2014. Adaptado)

1 entediado

2 artes de iludir com truques

Considere as passagens:

• Havia, portanto, na cidade uma animação e rebuliço desusados. (3o parágrafo) •

Agora, os cartazes, impressos em letras garrafais, confirmavam a auspiciosa notícia... (4o parágrafo)

• ... houve música, foguetes e aclamações. (6o parágrafo)

No contexto em que estão empregados, os termos destacados significam, correta e respectivamente:

  • A.

    agitação; promissora; saudações.

  • B.

    desordem; derradeira; gritarias.

  • C.

    confusão; conturbada; aprovações.

  • D.

    felicidade; inusitada; histerias.

  • E.

    encantamento; grave; agressões.

Questão de Concurso - 1175389

Concurso Inspetor de Alunos 2019

Questão 2

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Fundamental

Leia o texto para responder às questões de números 01 a 08.


Briga de casal


          Ana teve uma discussão com o marido e se trancou no quarto, chateadíssima. Encostou-se na cama, fechou os olhos e começou a respirar fundo para se acalmar, porque o que sentia naquela hora era vontade de avançar nele. Mas o cansaço falou mais alto que a raiva. Um trabalho estressante, filhos dando preocupações, pais idosos para cuidar. A exaustão cobrou seu preço e Ana adormeceu.

          Quando acordou, ela lembrou-se que tinha discutido com o marido, lembrou-se da raiva que sentiu quando se fechou no quarto, mas... qual era mesmo o motivo da briga? Ana foi tomada por um esquecimento total, irremediável. Por nada deste mundo conseguia se lembrar. O esgotamento que vem enfrentando parece ter comprometido profundamente a memória dela. Ela se esquece de tudo e, naquele momento, o motivo da briga havia sumido completamente de sua cabeça.

          Ana saiu do quarto devagar, foi até a cozinha, preparou um chá e voltou para o quarto. Daí a pouco, Douglas, o marido, entrou, já era hora de dormir, e perguntou: “Tá mais calma?”. Ela sacudiu a cabeça, dizendo: “Você não é fácil...” e voltou a ler um livro em silêncio até adormecer. Na manhã seguinte, cada um saiu correndo para o trabalho, à noite eles se encontraram como se na véspera nada houvesse acontecido e até hoje Ana não tem a menor ideia do que a fez brigar com o marido.

          A maioria das brigas de casais é provocada por razões absolutamente tolas, risíveis, motivos que merecem ser esquecidos. Se as pessoas fizessem as contas de quanto tempo já perderam nessas discussões desnecessárias, o resultado seria assustador. É muito desperdício de vida. São tardes jogadas pela janela, sábados que não voltam mais, noites que poderiam ser dedicadas a um bom filme, manhãs de verão que poderiam ter se desdobrado em dias de absoluta leveza, em vez de produzir amargura, ressentimento, mau humor e fazer as pessoas consumirem mais um comprimido para dor de cabeça ou dor de estômago.

(Leila Ferreira. Viver não dói. São Paulo: Globo, 2013. Adaptado)


Conforme a leitura do 3º parágrafo, é correto afirmar que Douglas teve, em relação à mulher, uma atitude

  • A.

    agressiva.

  • B.

    ofensiva.

  • C.

    preocupante.

  • D.

    desrespeitosa.

  • E.

    tranquila.

Questão de Concurso - 1040108

Concurso Técnico Legislativo 2018

Questão 6

Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP)

Nível Médio

A sequência de frases interrogativas no penúltimo parágrafo expressa
  • A. aceitação do estado em que se encontra a cultura no país.
  • B. indignação com as condições do patrimônio cultural brasileiro.
  • C. surpresa diante das possibilidades de mudança no cenário cultural.
  • D. adesão ao clima favorável ao fortalecimento da cultura no país.
  • E. certeza de que o Brasil pode igualar-se à Alemanha na cultura.

Questão de Concurso - 1053909

Concurso CRESS Agente Financeiro 2019

Questão 2

Instituto Quadrix

Nível Médio

Em relação ao texto e a seus aspectos linguísticos, julgue os itens de 1 a 7. Depreende‐se da leitura do texto que a divulgação de postagens e vídeos violentos e com discurso de ódio pela Internet pode encorajar a realização de massacres como os ocorridos em Christchurch, na Nova Zelândia, e em São Paulo, no Brasil.
  • C. Certo
  • E. Errado