Medicina Especialidade Acunpuntura

Um paciente de 58 anos de idade, negro, chega à emergência levado pela esposa por estar sonolento, queixando-se de cefaleia de forte intensidade, fadiga e episódios de náuseas seguidos de vômito de forte intensidade. A esposa relata que os sintomas se iniciaram no dia e vêm apresentando piora progressiva. Nega queixas de dor torácica e (ou) precordial, e também nega queixas álgicas abdominais. O paciente refere quadro prévio de hipertensão arterial e está em uso de anti-hipertensivos. A esposa relata que ele se queixa de episódios frequentes de cefaleia no último ano e que tem estado “muito estranho” nos últimos três meses, apresentando ações inconsequentes até nas pequenas decisões diárias. Ao exame, apresenta-se em estado geral regular, acordado e conversando, porém com aspecto sonolento, ventilando espontaneamente em ar ambiente. Apresenta ausculta cardíaca e pulmonar sem particularidades. Sinais vitais: FC = 58 bpm; FR = 22 irpm; PA = 190 mmHg x 125 mmHg; SatO 2 = 97%; e temperatura axilar (Tax) = 38,6 ºC.

Acerca desse caso clínico e com base nos conhecimentos médicos correlatos, julgue os itens a seguir.

Os episódios de vômito de forte intensidade, apresentados pelo paciente, podem ser classificados como “vômito em jato”, um sinal de hipertensão intracraniana.

  • C. Certo
  • E. Errado