Medicina Especialidade Alergologia

Uma paciente com 32 anos de idade apresenta quadro crônico de espirros em salva, coriza hialina diária, obstrução nasal +1/+4 agravada por contato, principalmente, com poeira domiciliar, pêlo de animais e mudança de tempo. Procurou pronto atendimento e relatou quadro de cefaléia frontal intermitente há cinco dias, febre, tosse seca noturna. Refere ainda que tal quadro se instalou após um resfriado. Com base na situação apresentada acima, julgue os itens a seguir.

O melhor tratamento dessa paciente seria por meio do uso de descongestionantes nasais tópicos e corticosteróides tópicos por longos períodos asssociado à imunoterapia.

  • C. Certo
  • E. Errado