Medicina Especialidade Alergologia

Uma paciente de nove anos de idade foi internada para investigação de quadro de anemia ferropriva com duração de seis meses e necessidade de várias transfusões sanguíneas. Apresentava também tosse com hemoptise intermitente. Negou febre. Ao exame físico, encontrava-se eupneica, descorada, sem ruídos adventícios na ausculta pulmonar ou outras anormalidades. A radiografia de tórax revelou áreas de opacidade bilaterais. Os autoanticorpos, como FAN, ANCA e anti-membrana basal glomerular, foram negativos. O coagulograma foi normal. O lavado broncoalveolar apresentou predomínio de macrófagos com hemossiderina e pesquisa de BK negativa.

Nessa situação hipotética, o diagnóstico mais provável será

  • A. tuberculose pulmonar.
  • B. tuberculose pulmonar.
  • C. granulomatose com poliangeíte (Wegener).
  • D. síndrome de Goodpasture.
  • E. granulomatose eosinofílica com poliangeíte (Churg-Strauss).