Medicina Especialidade Alergologia

Um paciente com cinco meses de vida apresenta lesões nodulares eritematosas em face e membros há um mês, além de monilíase oral extensa. Há 45 dias, teve internação por quadro diarreico com duração de dezesseis dias. A mãe referiu pré-natal e parto sem intercorrências. Os pais são primos de primeiro grau. A criança está em aleitamento materno exclusivo, apresenta vacinação adequada, de acordo com o Programa Nacional de Imunizações, e desenvolvimento neuropsicomotor adequado. O z-escore do IMC é –3. Foi realizada biópsia de pele, cujo resultado mostrou dermatose linfo-histiocitária perivacular e perianexial, com esboço granulomatoso e pesquisa de BAAR positiva. A imunofenotipagem por citometria de fluxo mostrou diminuição de linfócitos T e B, com linfócito T CD4 e CD8 naives ausentes. Elisa anti-HIV negativo.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, a hipótese diagnóstica e o tratamento das lesões de pele.

  • A. síndrome da imunodeficiência adquirida e rifampicina, isoniazida e pirazinamida
  • B. doença granulomatosa crônica e rifampicina, isoniazida e pirazinamida
  • C. imunodeficiência combinada grave e rifampicina, isoniazida e etambutol
  • D. tuberculose e rifampicina, isoniazida e pirazinamida
  • E. imunodeficiência comum variável e rifampicina, isoniazida e etambutol