Medicina Especialidade Anestesiologia

Os pacientes que apresentam condições mórbidas respiratórias e que serão submetidos a procedimentos anestésicos costumam fazer uso de medicações que podem interagir com fármacos durante a anestesia. Logo, o conhecimento da farmacologia dessas substâncias é de fundamental importância para a execução de uma anestesia segura. Diante do exposto, é correto afirmar que
  • A. os agonistas beta-adrenérgicos atuam nos receptores beta-2 seletivamente, e levam ao relaxamento indireto da musculatura lisa das vias aéreas e consequente broncodilatação.
  • B. a codeína, opioide prescrito como antitussígeno, age aumentando o limiar de gatilho do centro da tosse bulbar. Alcança sua concentração máxima em 1-2 horas e possui meia-vida de cerca de 4 horas.
  • C. terapeuticamente, o óxido nítrico é administrado com o intuito de provocar relaxamento da vasculatura pulmonar. Nas células-alvo, a guanilato ciclase é ativada, aumentando a concentração de AMP cíclico, resultando em vasodilatação.
  • D. o agente anticolinérgico, como o brometo de ipatrópio, é um composto sintético de amônio, estruturalmente muito semelhante à atropina, embora o ipratrópio seja terciário, a atropina é quaternária; estes são utilizados para alívio do broncoespasmo agudo.