Medicina Especialidade Anestesiologia

Uma paciente de 36 anos de idade, com queixa de dor em andar superior do abdome, inapetência e vômitos há dois dias, refere internação em outro serviço por dez dias com diagnóstico de pancreatite aguda, tendo sido tratada clinicamente e recebido alta há vinte dias. No momento, apresenta-se desidratada ++/4, ictérica +/4, afebril, hemodinamicamente normal, com abdome globoso e flácido, mas doloroso à palpação em andar superior, e com Murphy negativo. Apresenta, ainda, amilase de 1.100 U/L, leucograma de 12.000/mm3, PCR de 8 mg/dL, bilirrubina total de 1,5 mg/dL, às custas de direta (1 mg/dL), USG de vesícula biliar de paredes finas com múltiplos cálculos, sem dilatação de vias biliares, e pâncreas de difícil caracterização. Pelo relato de internação anterior recente, o plantonista pediu uma tomografia computadorizada de abdome, que mostrou pâncreas com características de surto agudo de pancreatite Baltazar C.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa correta.

  • A. Está indicada a colecistectomia de imediato para controlar o surto agudo de pancreatite.
  • B. Está indicado o tratamento clínico e, após a resolução da pancreatite, a colecistectomia na mesma internação.
  • C. Está indicada a colangiografia endoscópica com papilotomia de imediato, pois a presença de icterícia nesse momento indica que existe cálculo impactado na papila.
  • D. Está indicada a drenagem percutânea, pois a paciente apresenta pancreatite aguda Baltazar C.
  • E. Está indicada a laparotomia exploradora de imediato por se tratar de recorrência do surto de pancreatite, mas agora na forma grave da doença.