Medicina Especialidade Anestesiologia

Um paciente de 21 anos de idade, que se envolveu em uma briga e foi agredido com chutes e pontapés principalmente na cabeça, chegou ao PS com Glasgow 10, taquicárdico e com saturação da hemoglobina por oxigênio (SaO) de 92% com máscara de oxigênio. Apresentava edema e hematoma periorbicular bilateral, rinorreia, alguns ferimentos cortocontusos na face, evidente fratura nasal, sinais de trauma torácico, mas com MV presente bilateralmente, e deformidade em braço direito, sem outras lesões aparentes. Durante o atendimento inicial, apresentava rebaixamento do nível de consciência, passando para Glasgow 7.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa correta.

  • A. Deverá ser feita sondagem nasogástrica previamente à intubação orotraqueal para reduzir o risco de broncoaspiração durante o procedimento.
  • B. O paciente deverá ser submetido à traqueostomia de imediato, pois apresenta sinal de Guaxinim, que contraindica a intubação endotraqueal.
  • C. A via aérea definitiva mais adequada para o paciente é a intubação nasotraqueal, que permite menor mobilização da coluna cervical.
  • D. O próximo passo será rever a avaliação primária e estabelecer uma via aérea definitiva.
  • E. A melhor opção de via aérea definitiva para o paciente é a passagem de uma máscara laríngea, pois ele apresenta sinais sugestivos de fratura de base de crânio.