Medicina Especialidade Anestesiologia

A zoonose transmitida por vetor, causada por uma espiroqueta, caracterizada por pequena lesão cutânea, expansiva, única ou múltipla, do tipo mácula ou pápula, de coloração avermelhada no local em que o vetor sugou o sangue, denominada de eritema crônico migratório, que, dias após, muitas vezes apresenta manifestações clínicas iniciais, como mal-estar, febre, cefaleia, rigidez de nuca, mialgias, artralgias migratórias e linfadenopatias, não sendo incomum que esses sinais e sintomas durem várias semanas nos casos em que o tratamento não seja instituído, e que, semanas ou meses após, pode acarretar manifestações neurológicas (15% dos casos), tais como meningite asséptica, encefalite, coreia, neurite de pares cranianos (incluindo a paralisia facial bilateral) e radiculoneurite motora e sensorial, é a
  • A. doença de Lyme.
  • B. doença de Chagas aguda.
  • C. febre maculosa brasileira.
  • D. leishmaniose tegumentar americana.
  • E. leishmaniose visceral.