Medicina Especialidade Cardiologia

José, com 42 anos de idade, procurou atendimento médico devido a dispnéia súbita, dor torácica súbita, ventilatóriodependente no terço superior do hemitórax esquerdo e discreto edema de membros inferiores. Não estava usando nenhuma medicação. Há 1 ano, tinha apresentado episódio de trombose venosa profunda no membro inferior direito e foi medicado com anticoagulantes orais por 6 meses. Foi tabagista, mas não fuma há 2 anos. A avaliação clínica e os exames laboratoriais e de imagem apresentaram alterações clássicas de cor pulmonale agudo decorrente de tromboembolismo pulmonar.

 Com relação a esse quadro clínico hipotético, julgue os itens a seguir.

Considere um laudo eletrocardiográfico com os seguintes exemplos de achados: taquicardia sinusal; freqüência de 110 bpm; duração da onda P, do intervalo PR e do complexo QRS de 80, 185 e 84 ms, respectivamente); SÂQRS em + 120º; ondas P apiculadas; presença de ondas R proeminentes em derivações V1 e V2 e ondas S profundas em V5 e V6; infradesnivelamento de segmento ST com ondas T negativas em parede ântero-septal. Esse laudo é compatível com os diagnósticos de José.

  • C. Certo
  • E. Errado