Medicina Especialidade Cardiologia

                Uma paciente, 2 horas depois de apresentar mal-estar retroesternal, foi atendida na emergência de um hospital, onde realizou exame físico, que teve resultado absolutamente normal. O ECG mostrou supradesnivelamento do ponto J de 2 mm de V1-V4 sem alterações da onda T. Os exames apresentaram CK massa de 15 UI e troponina I < 0,01 UI. A paciente foi, então, medicada com AAS 500 mg, mastigados e deglutidos, analgesia e monitoramento dos parâmetros cardiovasculares. Duas horas depois, um novo ECG indicou amputação das ondas R e corrente de lesão de V1-V6. A troponina I subiu para 3 UI. A paciente tinha uma história de tratamento de aneurisma cerebral com implante de molas.

 

Considerando esse quadro clínico, julgue os itens seguintes, relativos a cardiopatias.

Com relação à doença coronariana, segundo as diretrizes do ACC/AHA, a indicação de cineangiocoronariografia para o estabelecimento de um diagnóstico de doença aterosclerótica coronariana é de classe I, nível de evidência B, apenas para os pacientes sobreviventes de morte súbita abortada. As demais indicações são de nível de evidência C.

  • C. Certo
  • E. Errado