Medicina Especialidade Cardiologia

Uma mulher de 36 anos, em tratamento de depressão com fluoxetina 40 mg/dia há 2 anos, queixa-se de dores difusas em todo o corpo, há cerca de 3 meses, sem melhora com antiinflamatórios não hormonais e analgésicos comuns. O médico suspeita de fibromialgia. A confirmação do diagnóstico poderá ser concretizada pela presença de

  • A.

    achados típicos positivos no exame físico.

  • B.

    aumento de creatinoquinase sérica e da velocidade de hemossedimentação.

  • C.

    FAN positivo.

  • D.

    resposta terapêutica excelente com o uso de prednisona em dose baixa.

  • E.

    fator reumatóide positivo e aumento da velocidade de hemossedimentação.