Medicina Especialidade Cardiologia

Em caso de parada cardíaca, com eletrocardiograma compatível com assistolia, é correto afirmar que, após as manobras básicas de reanimação, deve-se

  • A.

    checar conexões dos cabos do eletrocardiógrafo, o ganho do monitor, testar outras derivações para confirmar assistolia e dar adrenalina e atropina.

  • B.

    implantar marcapasso e interromper a reanimação caso não haja resposta.

  • C.

    dar choque único de 300 J, pela possibilidade de fibrilação ventricular de baixa voltagem, simulando assistolia.

  • D.

    não utilizar manobras avançadas de reanimação, uma vez que a assistolia indica necrose miocárdica maciça.

  • E.

    dar seqüência de choques de 200 J, 300 J e 360 J, pela possibilidade de fibrilação ventricular de baixa voltagem simulando assistolia.