Medicina Especialidade Cardiologia

Um paciente afrodescendente de sessenta e seis anos de idade, hipertenso sem comorbidades e que usava regularmente atenolol 50 mg e enalapril 20 mg, ambos uma vez ao dia, retornou à consulta com os exames solicitados. No dia da consulta, sua pressão arterial era de 162 mmHg × 82 mmHg, semelhantemente às últimas avaliações. A monitorização ambulatorial da pressão arterial de vinte e quatro horas (MAPA) revelou média da pressão arterial de 150 mmHg × 74 mmHg no período total, 160 mmHg × 78 mmHg no período da vigília e 148 mmHg × 68 mmHg no período do sono. Os demais exames de rotina solicitados foram todos normais.

Com relação ao caso clínico precedente, julgue os itens subsequentes.

Trata-se de um caso de hipertensão arterial resistente.
  • C. Certo
  • E. Errado