Questões de Concurso de Cirurgias - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 1021488

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 61

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Um paciente de 65 anos de idade apresenta abaulamento em região inguinal direita há dois anos, com aumento progressivo, porém sem dor local. Ele trabalha em um almoxarifado, carregando caixas. Ao exame físico, observou‐se abaulamento inguinal à direita, à manobra de Valsalva.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa correta.

  • A. O tempo mais importante do tratamento é a ressecção do saco herniário.
  • B. O melhor tratamento para o paciente é a sutura da fáscia transversal ao ligamento inguinal.
  • C. O reforço dos componentes musculares da hérnia, por meio da sutura entre eles, está bem indicado para o paciente.
  • D. A cirurgia videolaparoscópica com técnica intraperitoneal e colocação de tela reduz a dor pós‐operatória e antecipa o retorno ao trabalho.
  • E. O tratamento cirúrgico deve ser indicado apenas na presença de complicações como estrangulamento.

Questão 1021492

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 65

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Um paciente de 57 anos de idade, submetido à colonoscopia com polipectomia há cinco anos, dirigiu‐se ao consultório médico, assintomático. Lá, realizou nova colonoscopia, que mostrou dois pólipos que foram ressecados, um em cólon transverso, de 0,8 cm, cujo anatomopatológico apresentou adenoma tubular, e outro, de 1 cm, em cólon descendente, que apresentou adenoma viloso.

Com base nesse caso hipotético, a orientação mais apropriada para o paciente é repetir a colonoscopia em

  • A. seis meses.
  • B. um ano.
  • C. três anos.
  • D. cinco anos.
  • E. oito anos, pois os pólipos são benignos.

Questão 1021494

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 67

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma paciente de 27 anos de idade apresenta desconforto em região perianal há cerca de seis meses, além de alguns episódios de sangramento com a evacuação. Refere constipação com ritmo intestinal de duas vezes por semana. Nega outras queixas ou outros antecedentes. Relata, também, ter feito tratamento clínico prévio para hemorroidas, mas sem resposta. Ao exame proctológico, são observados três mamilos hemorroidários exteriorizados que poderiam ser facilmente reduzidos manualmente.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa que apresenta a conduta mais efetiva para o tratamento da paciente.

  • A. hemorroidectomia de Milligan‐Morgan
  • B. escleroterapia
  • C. ligadura elástica
  • D. fotocoagulação infravermelha
  • E. utilizar pomadas anti‐inflamatórias e evitar a posição ortostática

Questão 1021495

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 68

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma mulher de 48 anos de idade queixa‐se de nodulação em região submandibular esquerda, além de otalgia, há quatro meses. Realizou ultrassonografia, que mostrou um nódulo sólido de 2,5 cm na glândula parótida e uma punção aspirativa, com resultado sugestivo de adenoma pleomorfo.

Com base nessa situação hipotética, assinale a alternativa correta.

  • A. Esse tumor normalmente tem crescimento rápido e exige tratamento imediato.
  • B. A parotidectomia total é o procedimento a ser realizado na maioria dos casos.
  • C. A principal complicação pós‐operatória é a paresia, ou paralisia, do nervo facial.
  • D. A sialografia é um exame fundamental para estabelecer a conduta e o prognóstico.
  • E. Essa neoplasia é rara, devendo ser relacionada com outras neoplasias sincrônicas na paciente.

Questão 1021497

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 70

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Um paciente de 27 anos de idade foi submetido, há oito dias, a uma cirurgia de desconexão ázigo‐portal e esplenectomia devido a varizes de esôfago sangrantes. Ficou internado, pois, após esse período, queixava‐se de dificuldade para se alimentar, além de apresentar aumento do volume abdominal. Relatou ter evacuado e eliminado flatos. Ao exame, encontrava‐se em regular estado geral, com pulso de 84 bpm e abdome plano, pouco distendido em andar superior, indolor, com descompressão brusca negativa e ruídos hidroaéreos presentes e normais. Estava sendo tratado com inibidor de bomba de prótons, mas sem melhora. Realizou tomografia de abdome, que mostrou distensão gástrica, sem líquido livre na cavidade, e ausência de sinais de trombose de vasos mesentéricos e porta ou outras alterações.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa que apresenta o diagnóstico mais provável para o paciente.

  • A. hiperpotassemia e plaquetopenia
  • B. íleo adinâmico prolongado
  • C. dificuldade de esvaziamento gástrico por piloromiotomia incompleta
  • D. úlcera duodenal aguda complicada, com obstrução
  • E. síndrome de Ogilvie

Questão 1021498

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 71

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Um paciente de dezoito anos de idade foi ao serviço de emergência e relatou sentir dor em fossa ilíaca direita há três dias, acompanhada de anorexia e febre. Ao exame físico, apresentou dor à palpação de fossa ilíaca direita, com descompressão brusca positiva.

Considerando esse caso hipotético, assinale a alternativa que apresenta a situação em que se deve drenar a cavidade abdominal durante a cirurgia videolaparoscópica para tratamento da apendicite aguda.

  • A. nas autólises do apêndice vermiforme
  • B. quando há presença de líquido livre abdominal
  • C. quando há peritonite em gestantes
  • D. quando a drenagem está reservada para reoperação
  • E. quando há sepse grave