Questões de Concurso de Clínica Geral - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 1021459

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 32

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma mulher de 34 anos de idade procurou o serviço médico com quadro de amenorreia secundária. Foi realizado o teste da progesterona e o resultado foi negativo. Foi prescrita pílula combinada, com a presença de sangramento vaginal na pausa. A investigação foi complementada com os exames FSH, com valor de 45 mUI/mL, que, repetido depois de um mês, apresentou o valor de 43 mUI/mL, TSH normal, prolactina normal e β‐hCG negativo.

Acerca desse caso hipotético, assinale a alternativa correta.

  • A. Caso a terapia de reposição hormonal seja prescrita, ela será utilizada por apenas cinco anos, considerando‐se seu risco‐benefício, uma vez que a paciente tem 34 anos de idade.
  • B. Pacientes que tenham essa doença podem apresentar queixas de ondas de calor que surgem antes da manifestação da irregularidade menstrual.
  • C. O risco de gravidez é extremamente baixo. Sendo assim, mesmo nas pacientes que não desejam engravidar, deve‐se contraindicar a pílula combinada e utilizar a terapia de reposição hormonal de baixa dosagem.
  • D. Ao contrário da menopausa natural, o impacto ósseo nessa paciente é inexistente.
  • E. Ao contrário da menopausa natural, não há evidências do impacto dessa doença no humor das pacientes.

Questão 1021460

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 33

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma mulher de 51 anos de idade procurou o serviço de ginecologia endócrina com queixas de ondas de calor, principalmente no período noturno, com impacto sobre a qualidade de vida. Ela relatou antecedente pessoal de câncer de mama e atualmente faz uso de tamoxifeno, G2PN20A, sem antecedentes familiares dignos de nota.

Considerando esse caso hipotético, assinale a alternativa que apresenta a melhor conduta.

  • A. A paciente apresenta contraindicação formal para a terapia de reposição hormonal, sendo a melhor opção para o caso a introdução da fluoxetina.
  • B. Os estudos demonstram que a droga padrão‐ouro para a paciente seria a paroxetina.
  • C. A paciente já iniciou o tratamento do câncer de mama. Sendo assim, o uso de terapia de reposição hormonal pode ser realizado com a prescrição de estrogênio e progestógeno.
  • D. A venlafaxina seria uma boa opção para o tratamento das ondas de calor.
  • E. Deve‐se orientar apenas atividade física, pois, devido ao câncer de mama, está contraindicada qualquer terapêutica medicamentosa para os fogachos.

Questão 1021461

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 34

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma mulher de 31 anos de idade, nuligesta, procurou o serviço de ginecologia endócrina com o diagnóstico da síndrome dos ovários policísticos (SOP) e queixando‐se de hiperandrogenismo. Foi introduzida pílula combinada. Não há antecedentes familiares dignos de nota.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa correta.

  • A. O etinilestradiol, quando metabolizado em nível hepático, resulta no aumento da SHBG (sex hormone‐binding globulin), o que acarreta a diminuição da testosterona livre.
  • B. As pílulas que contêm hormônios naturais apresentam maior eficácia no tratamento do hiperandrogenismo em pacientes com SOP.
  • C. O etinilestradiol da pílula cursa com um feedback positivo sobre o hormônio luteinizante, pois resulta na diminuição da síntese de androgênios no ovário.
  • D. A pílula combinada acarreta a inibição da enzima aromatase, responsável pela conversão do estrogênio em testosterona.
  • E. As pílulas contraceptivas que contêm apenas progestógenos apresentam maior eficácia na redução do hiperandrogenismo que as pílulas combinadas.

Questão 1021462

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 35

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma paciente com sete anos de idade foi levada ao ginecologista devido ao quadro de surgimento da pubarca. No exame físico, observou‐se ausência do desenvolvimento mamário e presença de pelos pubianos. A mãe da paciente negou doenças associadas ou uso de medicações. Não há antecedentes familiares relevantes.

Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa correta.

  • A. Classicamente, a pubarca é o primeiro sinal do início do desenvolvimento puberal feminino.
  • B. Trata‐se de uma apresentação clínica clássica de puberdade prematura central.
  • C. A adrenarca prematura está associada ao maior risco de desenvolvimento da síndrome dos ovários policísticos na vida adulta.
  • D. O desenvolvimento das mamas é obrigatório no diagnóstico da adrenarca precoce.
  • E. A dosagem do sulfato de dehidroepiandrostenediona, com o resultado dentro da faixa de valores pré‐púberes, colabora com a hipótese de adrenarca prematura.

Questão 1021463

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 36

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma paciente de trinta anos de idade, em tratamento de mola invasora, com persistência de valores elevados de β‐hCG, solicitou aconselhamento de contracepção.

Considerando essa situação hipotética, assinale a alternativa correta quanto às opções e contraindicações para a paciente.

  • A. A melhor opção seria o uso do dispositivo intrauterino medicado com cobre, visto que não apresenta hormônios.
  • B. O sistema intrauterino medicado com levonorgestrel seria a melhor opção, pois auxilia no controle do sangramento uterino.
  • C. Apenas métodos de barreira estão indicados, sendo os hormonais contraindicados.
  • D. Todos os métodos que contenham hormônio poderão ser utilizados.
  • E. Pílulas combinadas ou que contenham apenas progestógenos podem ser utilizadas.

Questão 1021466

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 39

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Uma paciente de 26 anos de idade procurou o pronto‐atendimento de ginecologia com queixa de dor súbita de forte intensidade no abdome após relação sexual. Negou febre ou doenças e não tinha antecedentes familiares pertinentes. Apresentava pressão arterial de 120 x 80 mmHg, frequência cardíaca de 100, abdome flácido e descompressão brusca negativa e dolorosa em fossa ilíaca esquerda. O exame ginecológico especular não apresentou alterações e o exame de toque vaginal mostrou útero intrapélvico com dor importante em região anexial esquerda. Foi solicitada uma ultrassonografia, transvaginal, que descreveu útero em anteversoflexão, com o volume normal, ovário direito sem alterações e ovário esquerdo com imagem complexa, heterogênea às custas de imagens ecogênicas na periferia da formação e presença de septos finos em seu interior. O estudo Doppler apresentou anel vascular periférico e ausência de líquido livre em fundo de saco. Outros exames solicitados foram: β‐hCG negativo; hemograma com Hb de 13 g/dl (normal de 12‐16 g/dl); e HT de 39% (normal 35‐47%).

Nesse caso hipotético,

  • A. a conduta é cirurgia imediata.
  • B. o diagnóstico é de gestação ectópica e a conduta medicamentosa será adotada.
  • C. deve‐se realizar analgesia e controle hematimétrico, pois a conduta não cirúrgica é a mais provável se a paciente mantiver a estabilidade hemodinâmica.
  • D. o diagnóstico mais provável é de torção anexial, entretanto, devido à idade da paciente, a conduta expectante é mais apropriada.
  • E. a presença do anel vascular periférico fala a favor de uma provável neoplasia maligna.

Questão 1021467

Irmandade de Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - SP (ISCMSP/SP) 2018

Cargo: Médico Residente / Questão 40

Banca: Instituto Quadrix

Nível: Superior

Não consiste em contraindicação do uso do DIU de cobre no pós‐parto imediato
  • A. antecedente de prenhez ectópica.
  • B. corioamnionite.
  • C. atonia uterina.
  • D. retenção placentária com sangramento no puerpério imediato.
  • E. ruptura prematura de membranas há 48 horas.

Questão 1023575

Ministério Público Estadual - PE (MPE/PE) 2018

Cargo: Analista Ministerial - Área Medicina / Questão 21

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A insuficiência renal aguda relacionada ao uso de contraste iodado endovenoso é um problema frequente em pacientes hospitalizados. A medida preventiva suportada por evidências de boa qualidade é
  • A. soro fisiológico endovenoso.
  • B. soro fisiológico e acetilcisteína endovenosos.
  • C. soro fisiológico endovenoso e acetilcisteína por via oral.
  • D. acetilcisteína endovenosa.
  • E. acetilcisteína por via oral.

Questão 1023576

Ministério Público Estadual - PE (MPE/PE) 2018

Cargo: Analista Ministerial - Área Medicina / Questão 22

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Dos abaixo, o perfil laboratorial mais sugestivo de câncer de próstata é
  • A.
  • B.
  • C.
  • D.
  • E.

Questão 1023577

Ministério Público Estadual - PE (MPE/PE) 2018

Cargo: Analista Ministerial - Área Medicina / Questão 23

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Concluído o uso de antibióticos, a verificação da erradicação do Helicobacter pylori pode ser feita após, aproximadamente,
  • A. 1 semana.
  • B. 2 meses.
  • C. 1 mês.
  • D. 2 semanas.
  • E. 3 meses.