Medicina Especialidade Clínica Geral

Um homem de sessenta e sete anos de idade, obeso mórbido, hipertenso e diabético, apresentava, havia um dia, quadro de dor intensa em andar superior do abdome, associada a náuseas e vômitos, após ter consumido grandes quantidades de alimentos em uma refeição. No exame físico, estava taquicárdico FC: 121 bpm, taquipneico FR: 22 irpm, hipotenso PA: 90 mmHg × 50 mmHg e saturando 92% com máscara não reinalante FiO2: 100%. No exame do abdome, constatou-se dor à palpação do andar superior. Os exames laboratoriais evidenciaram hemoglobina de 18 g/dL; hematócrito = 57,3%; leucócitos = 17.200; plaquetas = 351.000, glicemia = 283 mg/dL; Ureia = 98 mg/dL; creatinina = 1,85 mg/dL; DHL = 762 U/L; bilirrubina total = 5,2 mg/dL; bilirrubina direta = 4,4 mg/dL; triglicerídios = 400 mg/dL; amilase = 2.058 U/L e lipase = 15.897 U/L. A gasometria arterial mostrou pH = 7,36; pO2 = 58; pCO2 = 41,4; HCO3 = 22,8; e lactato = 2,6.

Com relação ao caso clínico apresentado e a aspectos diversos a ele relacionados, julgue os itens seguintes.

A hemoconcentração e a azotemia são sinais clínicos preditores de doença grave.
  • C. Certo
  • E. Errado