Medicina Especialidade Clínica Geral

Uma paciente com setenta e dois anos de idade, hipertensa, foi admitida no serviço de emergência após sofrer queda da própria altura e consequente trauma craniencefálico leve. Familiares informaram que já havia três dias que a paciente estava mais lentificada, com dificuldade para caminhar e um pouco confusa. Durante a internação, o quadro da paciente evoluiu para cefaleia, náusea, vômitos e crises convulsivas generalizadas. No exame físico, constatou-se PA = 130 mmHg × 90 mmHg; FC = 52 bpm; FR = 11 irpm e SpO2 = 88% em ar ambiente. Observou-se ainda que a paciente estava normocorada e hidratada. A ausculta respiratória evidenciou murmúrio vesicular globalmente reduzido. No exame neurológico, a paciente mostrava-se disártrica, sonolenta, confusa e desorientada no tempo e no espaço. Os resultados dos exames de hemograma, glicemia e funções renal e hepática estavam normais. A dosagem de eletrólitos evidenciou hiponatremia com dosagem sérica de 118 mEq/L.

Considerando o caso clínico apresentado e aspectos diversos a ele relacionados, julgue os itens subsequentes.

Em casos de hiponatremia secundária com secreção inapropriada do hormônio antidiurético, os pacientes podem apresentar hipouricemia com nível de ácido úrico sérico menor que 4 mg/dL.
  • C. Certo
  • E. Errado