Medicina Especialidade Clínica Geral

Uma paciente com trinta anos de idade, sem comorbidades prévias conhecidas, procurou atendimento médico devido a história de febre que se mantinha havia mais de um mês e que havia evoluído com dispneia e tosse seca nas duas semanas anteriores ao atendimento. No exame físico, a paciente estava hipocorada, apresentava mal estado geral e os seguintes sinais vitais: FC = 110 bpm; FR = 26 irpm; SpO2 = 94% em ar ambiente e PA = 130 mmHg × 90 mmHg. A ausculta respiratória mostrou que o murmúrio vesicular era abolido nos dois terços inferiores do hemitórax direito. O resultado do hemograma evidenciava anemia normocítica e normocrômica, linfopenia e plaquetopenia. Os exames laboratoriais mostraram creatinina de 1,51 mg/dL, albumina sérica de 2,1 g/dL, VHS de 152 e dosagem de proteína C reativa normal. A tomografia computadorizada do tórax evidenciou volumoso derrame pleural à direita e derrame pericárdico. A pesquisa de anti-dsDNA foi positiva e a quantidade de C3 estava diminuída.

Com relação a esse caso clínico descrito e a aspectos diversos a ele relacionados, julgue os itens subsequentes.

A presença de serosite em vigência de insuficiência renal é suficiente para caracterizar a síndrome de Evans.
  • C. Certo
  • E. Errado