Medicina Especialidade Clínica Geral

Uma paciente de 44 anos de idade, com diagnóstico de Aids há dez anos, em uso atual de terapia antirretroviral com tenofovir, lamivudina e dolutegravir, com carga viral indetectável e CD4 598 células por mm3 (28,7%), hipertensa, em uso de hidroclorotiazida e enalapril, procurou atendimento médico, pois reside em região próxima à Mata Atlântica, em São Paulo‐SP, e gostaria de receber a vacina contra febre amarela. O médico que a avaliou contraindicou a imunização contra febre amarela.

Considerando essa situação hipotética, assinale a alternativa correta.

  • A. A conduta do médico foi correta, pois a paciente é hipertensa, o que contraindica a vacinação contra febre amarela.
  • B. A conduta do médico foi correta, pois a paciente apresenta diagnóstico de HIV‐Aids, o que contraindica a vacinação contra febre amarela.
  • C. A conduta do médico foi incorreta, pois a paciente apresenta CD4 acima de 350 células por mm3, o que autorizaria a imunização nos pacientes que vivem com HIV‐Aids, além de a paciente residir em área de risco para a doença.
  • D. A conduta do médico foi incorreta, pois a hipertensão arterial está controlada com medicações.
  • E. A conduta do médico foi correta, pois quem recebe tratamento com antirretrovirais não pode receber a vacina contra febre amarela.