Medicina Especialidade Clínica Geral

Homem de 45 anos apresenta quadro agudo de palpitação. A frequência cardíaca é de 155 batimentos por minuto. A taquicardia é persistente porém a pressão arterial é estável, não há alteração do estado mental, nem sinais de insuficiência cardíaca aguda. O paciente nega desconforto torácico. O monitor cardíaco mostra QRS < 0,12 segundos. Manobras vagais foram ineficazes. A conduta terapêutica mais indicada é
  • A. atropina.
  • B. cardioversão sincronizada.
  • C. dopamina.
  • D. adenosina.
  • E. amiodarona.