Medicina Especialidade Endoscopia

Um paciente do sexo masculino, de 29 anos de idade, com histórico de linfoma de Hodgkin recidivado, internado para programação de início de novo tratamento quimioterápico percebeu, há quatro semanas, dispneia progressiva. Exame físico normal, exceto pela presença de murmúrio vesicular reduzido em hemitórax direto. Radiografia de tórax mostra derrame pleural volumoso à direta. Já foi submetido à toracocentese diagnóstica e de alívio, com drenagem de 1.500 mL de líquido pleural de aspecto quiloso. A análise desse líquido mostrou tratar-se de um exsudato linfocítico, com ausência de células neoplásicas. Percebem-se adenosina deaminase (ADA) e triglicerídios aumentados (4 vezes acima do limite superior da normalidade). O paciente apresentou melhora clínica após a toracocentese, e a radiografia de tórax indica expansão pulmonar completa. No momento, apresenta recidiva dos sintomas e do derrame pleural na radiografia atual de tórax.

Com base nesse caso e considerando os conhecimentos médicos a ele relacionados, julgue os itens a seguir.

A principal hipótese diagnóstica é de derrame pleural tuberculoso.
  • C. Certo
  • E. Errado