Medicina Especialidade Endoscopia

Paciente do sexo feminino, de 25 anos de idade, estudante universitária, tinha história de asma intermitente na infância, sem necessidade de uso de broncodilatador havia quase 10 anos e uso diário de medicações. Compareceu à emergência relatando mal-estar, febre e tosse produtiva havia 12 dias. Nos últimos 2 dias, tinha havido piora da tosse, febre persistente apesar do uso de antitérmicos, inapetência e início de dor torácica próxima ao mamilo direito, principalmente à inspiração profunda. Ao exame físico, havia diminuição do murmúrio vesicular no terço inferior do hemitórax esquerdo e macicez à percussão. O hemograma indicou leucocitose com 12% de formas jovens. A imagem a seguir mostra o Raio X de tórax da paciente.

Considerando o caso clínico apresentado e considerando os conhecimentos médicos a ele correlatos, julgue os itens a seguir.

Caso tenha sido realizada toracocentese diagnóstica com saída de líquido citrino, com os seguintes resultados laboratoriais: predomínio neutrofílico; LDH de 680; proteína de 1,7; pH de 7,4; glicose de 60; e sem germes identificados (pesquisa de fungos, pesquisa de BAAR e bacterioscópio); não haveria necessidade de abordagem invasiva da cavidade pleural nesse momento.
  • C. Certo
  • E. Errado