Medicina Especialidade Gastroenterologia

Paciente de 62 anos com antecedente de gastrectomia parcial há 30 anos por úlcera perfurada. Procurou Unidade Básica de Saúde por inapetência e perda de peso. Endoscopia digestiva alta revelou lesão ulcerada em coto gástrico cuja biópsia confirmou adenocarcinoma com células em anel de sinete. Estadiamento clínico negativo para metástases.

Qual a melhor conduta para o caso?

  • A.

    Neoadjuvância com quimio e radioterapia seguida de gastrectomia com linfadenectomia D1.

  • B.

    Ressecção endoscópica da lesão com mucosectomia.

  • C.

    Ressecção da anastomose gastro-jejunal e conversão em Y de Roux.

  • D.

    Degastrectomia total com linfadenectomia D2 e reconstrução em Y de Roux.