Medicina Especialidade Ginecologia

Mulher de 30 anos comparece à consulta pré-concepcional. Pretende engravidar, mas tem epilepsia e faz uso de fenobarbital 100mg por dia, sem episódios convulsivos há 1 ano. Pergunta sobre os efeitos prejudiciais da medicação para o recém-nascido. Além do início do ácido fólico, que orientações devem ser fornecidas para essa paciente, caso ela engravide?

  • A.

    Manter o fenobarbital durante a gestação e suspender durante a amamentação.

  • B.

    Manter o fenobarbital, já que inexiste anticonvulsivante de escolha para uso na gestação.

  • C.

    Orientar a troca do fenobarbital pela fenitoína, considerada a droga de escolha para uso na gestação.

  • D.

    Orientar a troca do fenobarbital pelo ácido valpróico, considerada a droga de escolha para uso na gestação.

  • E.

    Suspender a medicação, pois não existe anticonvulsivante seguro para uso na gestação e ela está sem crises há um ano.