Medicina Especialidade Hepatologia

Paciente de 38 anos de idade, técnico administrativo, foi encaminhado com histórico de internação recente por pneumonia e hepatite crônica por álcool. Antecedentes: etilista desde os 14 anos de idade em pequena quantidade e, há três meses, após perda de esposa, ingestão diária de grande quantidade de bebida destilada. É tabagista, nega cirurgias e apresenta USG abdominal com fígado com esteatose acentuada sem sinais de hipertensão portal. Encontrava-se com tremores nas mãos logo cedo se não bebesse, além de insônia e agitação psicomotora. Endoscopia Digestiva Alta (EDA) sem varizes esofágicas. Exames laboratoriais: Hb/HTO = 14/44; leuco = 4.000; plaq = 150.000; TGO = 800 U/L; TGP = 80 U/L; FA = 45 U/L; GGT = 800 U/L; BT = 15; albumina = 3,2 g/dL; INR = 1,62; creat = 1,9; colest:161; TGC =127; glic = 91; bilirrubinas totais de 15 mg/dL; BI = 7 mg/dL; BD = 8 mg/dL; VHB negativo; VHC negativo; alfafetoproteinas = 13,45 IU/mL; gamaglobulina = 1,81 g/dL; ferritina = 578 ng/mL; VHA IgG positivo.

Com relação a esse caso clínico, julgue os itens a seguir.

O uso de benzodiazepínicos está indicado para esse paciente para ajudá-lo a dormir.
  • C. Certo
  • E. Errado