Questões de Concurso de Homeopatia - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 835858

Excluir - RJ 2017 (3ª edição)

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 26

Banca: Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)

Nível: Superior

Hahnemann, no Prefácio da 4ª edição do Organon se refere às propriedades da Energia Vital (EV).

Assinale a alternativa correta.

  • A. A EV não é automática, mas é inteligente e autocrática, responsável pela recuperação da saúde
  • B. A EV desequilibrada não interfere na suscetibilidade do organismo ao meio
  • C. A EV é instintiva, irracional e irrefletida, sujeita às leis orgânicas do nosso corpo, não adaptada para a perfeita restauração da saúde perturbada ou perdida
  • D. A EV é autocrática e onipotente, mas se submete às leis da matéria
  • E. A experimentação no homem sadio afeta a EV e produz no organismo uma enfermidade natural

Questão 835859

Excluir - RJ 2017 (3ª edição)

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 27

Banca: Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)

Nível: Superior

Analise as afirmativas abaixo, identifique o autor da frase - Hahnemann (H) ou Kent (K) - e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

I. Nos experimentos patogenéticos, bem como nas doenças agudas epidêmicas, depreende-se o entendimento de que a mesma potência morbígena (medicamento ou patógeno natural) pode produzir diferentes sintomas em diferentes indivíduos, pelas diferenças na constituição de cada organismo.

II. As Doenças Agudas Coletivas são os chamados Miasmas Agudos ou Doenças Apsóricas, com quadro clínico bem definido, com período de evolução determinado, e que requerem um tratamento com medicamentos apsóricos, pois não dependem da Psora. Podem ser: Esporádicas - quando acometem indivíduos que possuem Suscetibilidade ou Epidêmicas - quando acometem vários indivíduos suscetíveis ao mesmo tempo.

III. A menos que as pessoas levem uma vida ordenada, não serão curadas de suas doenças crônicas. O objetivo do tratamento homeopático é o restabelecimento da ordem na economia, ou seja, o desaparecimento de todos os sintomas clínicos, dos gerais aos particulares, incluindo os raros, peculiares e característicos.

IV. A Psora foi adquirida em consequência do pecado original e, a partir daí, transmitida a toda humanidade. Portanto, todos já nascem com a Psora. Se a Psora não tivesse se estabelecido como um miasma sobre a raça humana, a suscetibilidade às enfermidades agudas não poderia existir.

V. As Doenças Agudas Individuais são explosões passageiras da Psora latente, que retorna à latência, se elas não forem de grande porte, e que são desencadeadas por um fator excitante; essas doenças se manifestam como quadros agudos não infecciosos ou como doenças infecciosas que tendem a retornar de tempos em tempos, sendo manifestações da doença crônica, e que requerem um tratamento antipsórico.

Assinale a alternativa correta.

  • A. K, K, H, K, H
  • B. H, K, H, K, H
  • C. K, H, K, H, H
  • D. H, H, K, K, H
  • E. H, K, K, K, K

Questão 835860

Excluir - RJ 2017 (3ª edição)

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 28

Banca: Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)

Nível: Superior

Kent (1849-1916), em Lições de Filosofia Homeopática, faz as seguintes reflexões: Lição 8 - “Vida em sua plenitude é liberdade... quando todas as suas funções são executadas de uma forma perfeita, não tendes consciência de vosso corpo, o que significa que estais em liberdade”. Lição 9 - “Se o homem se encontra na ordem mais elevada e é racional, deseja manter-se em contínua ordem, para que seus pensamentos possam continuar racionais; mas ele é colocado em tanta liberdade que pode também destruir sua racionalidade... Quando não está em liberdade, o indivíduo diz: “Eu sinto”. Esta perturbação, que provém da causa, é de um caráter invisível e se manifesta através de mudanças nas atividades do corpo, mudanças nas sensações, mudanças nas funções...”. Lição 19 - “O homem por seu mau pensamento e desejo perverso, entrou num estado no qual perdeu sua liberdade, sua ordem interna...”. Com base nessas reflexões de Kent pode-se afirmar:

I. A saúde é um estado de liberdade e ordem.

II. Quando o homem, apesar de sua doença, consegue se locomover livremente, está em liberdade.

III. A desordem interna afeta o organismo em sua totalidade.

IV. No estado de desordem o homem vive a partir de sua enfermidade, mas com liberdade.

Estão corretas as afirmativas:

  • A. I e III apenas
  • B. I e II apenas
  • C. I e IV apenas
  • D. I, II e III apenas
  • E. III apenas

Questão 835861

Excluir - RJ 2017 (3ª edição)

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 29

Banca: Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)

Nível: Superior

Hahnemann em “Organon da Arte de Curar” - §15 - “O sofrimento da “Dynamis” de tipo não material (força vital), animadora de nosso corpo, afetada morbidamente no interior invisível e o conjunto dos sintomas exteriormente observáveis e por ela dispostos no organismo e representando o mal existente, constituem um todo, são uma única e mesma realidade... ambos constituem uma unidade, embora, em pensamento, nós a separemos em dois conceitos, a fim de facilitar sua compreensão”. Este parágrafo sustenta um dos princípios da Homeopatia.

Assinale a alternativa correta.

  • A. Lei dos Semelhantes
  • B. Experimentação no homem são
  • C. Doses infinitesimais
  • D. Medicamento dinamizado
  • E. Medicamento único

Questão 835862

Excluir - RJ 2017 (3ª edição)

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 30

Banca: Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)

Nível: Superior

I. A enfermidade do ser humano tem origem metafísica ou espiritual, decorrente de sua desconformidade com os desígnios do Criador.

II. O fim último do homem é aproximar-se de DEUS e a saúde é um requisito para o alcance de tal fim.

III. Não há outra causa por trás das enfermidades senão a lei divina violada, e não existe cura a não ser pela aproximação ao Criador.

IV. O homem fica doente por causas externas e não por causas internas que provém do pensamento.

Estão corretas as afirmativas:

  • A. I e II apenas
  • B. II e IV apenas
  • C. I e III apenas
  • D. I, II e III apenas
  • E. II apenas

Questão 634717

Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 31

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

Um dos princípios filosóficos da homeopatia hahnemanniana é o uso de medicamento único. Acerca dessa prática da homeopatia, assinale a opção correta.

  • A.

    Como o tratamento homeopático caracteriza-se por ser lento e prolongado, o uso do medicamento único justifica-se pelos níveis progressivamente mais profundos de sua atuação.

  • B.

    Segundo a lei da homeopaticidade, deve haver uma analogia de sintomas dinâmicos e não de tecidos, o que permite que o uso de medicamento único esteja de acordo com as leis de cura.

  • C.

    O princípio do uso de medicamento único foi adotado por Hahnemann a partir das observações de Kent sobre novas patogenesias.

  • D.

    A lei da similitude somente pode ser observada com o uso do medicamento único.

  • E.

    O uso de medicamento único é conduta obrigatória quando se usam doses mínimas.

Questão 634718

Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 32

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

As observações prognósticas dizem respeito às reações do organismo em face da atuação do medicamento homeopático após sua primeira prescrição. A respeito desse assunto, assinale a opção correta.

  • A.

    As observações prognósticas dizem respeito à prescrição somente do medicamento similimum.

  • B.

    O diagnóstico nosológico é necessário para a definição do prognóstico clínico-dinâmico nos casos de doenças que acometem órgãos vitais.

  • C.

    O prognóstico clínico-dinâmico aplica-se às enfermidades crônicas, mas não às agudas.

  • D.

    O diagnóstico nosológico é necessário para a definição do prognóstico clínico-dinâmico.

  • E.

    A rápida agravação homeopática é observada em casos funcionais.

Questão 634719

Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 33

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

Considere que um paciente, após a prescrição de uma dose única de um medicamento homeopático na 200 CH, tenha sofrido a agravação rápida e forte dos sintomas, seguida de rápida melhora. Nessa situação, de acordo com as observações prognósticas de J. T. Kent,

  • A.

    a reação ocorrida é observada, geralmente, em crianças e adultos jovens.

  • B.

    a reação ocorrida é observada apenas nos casos agudos.

  • C.

    trata-se de um caso sem lesões estruturais em órgãos vitais.

  • D.

    a elevada potência do medicamento determinou o ritmo de agravação e melhora dos sintomas.

  • E.

    a evolução ocorrida corresponde à primeira observação prognóstica de Kent.

Questão 634720

Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 34

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

Com relação à conduta médica a ser adotada na anamnese homeopática, assinale a opção correta.

  • A.

    Sempre que possível, o médico deve optar por fazer perguntas indiretas ao paciente.

  • B.

    O relato espontâneo do paciente deve ser evitado, pois mediante esse tipo de relato, o paciente pode abordar assuntos não pertinentes à sua queixa principal.

  • C.

    Em consulta homeopática, os dados mais confiáveis referem-se aos descritos por familiares ou pessoas próximas.

  • D.

    Informações a respeito de hábitos e condução de vida do paciente são secundárias, sendo utilizadas apenas eventualmente.

  • E.

    Das informações colhidas para a escolha do medicamento ideal, as mais precisas são as obtidas por relato dirigido.

Questão 634721

Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo - ES (SESA/ES) 2013

Cargo: Médico - Área Homeopatia / Questão 35

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

  • A.

    O tratamento de doença local com medicamento similar, e não com o similimum, é apenas uma medida de paliação.

  • B.

    A única exceção à prescrição pelos sintomas característicos individualizantes é a prescrição por key note, que, quando identificado, deve nortear isoladamente a escolha do medicamento similimum.

  • C.

    Mediante a observação clínica constatou-se que as enfermidades que se sucedem na vida de um enfermo são episódios separados correspondentes a estados diatésicos distintos.

  • D.

    Os episódios agudos que o indivíduo acusa em sua história biopatográfica são entidades independentes de sua predisposição de terreno.

  • E.

    A compreensão de um caso limita-se ao estabelecimento de um quadro característico composto pelos sintomas mentais, não abrangendo os sintomas gerais.