Questões de Concurso de Nefrologia - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 1029487

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 1

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

A anemia é uma das complicações da doença renal crônica (DRC) e, para um diagnóstico apropriado dessa doença, exames complementares devem ser solicitados e outras causas devem ser investigadas sempre que não houver compatibilidade dos índices hematimétricos com a taxa de filtração glomerular. A respeito do diagnóstico de anemia no paciente com DRC, julgue os itens a seguir. A anemia em paciente com DRC é macrocítica (volume corpuscular médio: > 96 fl) e hipercrômica (concentração de hemoglobina corpuscular média: > 34/dL).
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029488

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 2

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

A anemia é uma das complicações da doença renal crônica (DRC) e, para um diagnóstico apropriado dessa doença, exames complementares devem ser solicitados e outras causas devem ser investigadas sempre que não houver compatibilidade dos índices hematimétricos com a taxa de filtração glomerular. A respeito do diagnóstico de anemia no paciente com DRC, julgue os itens a seguir. Homens com taxa de filtração glomerular (TFG) inferior a 70 mL/min/1,73 m2 e mulheres com TFG inferior a 50 mL/min/1,73 m2 tendem a manifestar anemia relacionada à DRC.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029489

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 3

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

A anemia é uma das complicações da doença renal crônica (DRC) e, para um diagnóstico apropriado dessa doença, exames complementares devem ser solicitados e outras causas devem ser investigadas sempre que não houver compatibilidade dos índices hematimétricos com a taxa de filtração glomerular. A respeito do diagnóstico de anemia no paciente com DRC, julgue os itens a seguir. Níveis de índice de saturação de transferrina acima de 20% e dosagens de ferritina acima de 200 ng/mL são considerados, na ausência de processos inflamatórios, indicativos de sobrecarga de ferro.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029490

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 4

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

A anemia é uma das complicações da doença renal crônica (DRC) e, para um diagnóstico apropriado dessa doença, exames complementares devem ser solicitados e outras causas devem ser investigadas sempre que não houver compatibilidade dos índices hematimétricos com a taxa de filtração glomerular. A respeito do diagnóstico de anemia no paciente com DRC, julgue os itens a seguir. A presença de microcitose em paciente com adequada disponibilidade de ferro pode ser evidência de talassemia ou intoxicação por alumínio.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029491

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 5

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

A anemia é uma das complicações da doença renal crônica (DRC) e, para um diagnóstico apropriado dessa doença, exames complementares devem ser solicitados e outras causas devem ser investigadas sempre que não houver compatibilidade dos índices hematimétricos com a taxa de filtração glomerular. A respeito do diagnóstico de anemia no paciente com DRC, julgue os itens a seguir. A dosagem de níveis séricos de hepcidina não se mostra clinicamente útil ou superior aos testes habituais de avaliação dos estoques de ferro.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029492

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 6

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

O diabetes melito muitas vezes é acompanhado de complicações microvasculares e macrovasculares, por isso o controle glicêmico adequado é de suma importância para o paciente com doença renal crônica (DRC). A respeito do monitoramento do controle glicêmico e do tratamento do diabetes melito nesse grupo de pacientes, julgue os próximos itens. A hemoglobina glicada reflete o controle glicêmico médio, referente a um período de sessenta a cento e vinte dias, porém não é tão fidedigna quando se trata de pacientes com DRC.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029493

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 7

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

O diabetes melito muitas vezes é acompanhado de complicações microvasculares e macrovasculares, por isso o controle glicêmico adequado é de suma importância para o paciente com doença renal crônica (DRC). A respeito do monitoramento do controle glicêmico e do tratamento do diabetes melito nesse grupo de pacientes, julgue os próximos itens. A dosagem dos níveis de albumina glicada não é indicada como método de avaliação do controle glicêmico de paciente com DRC, uma vez que os níveis de albumina glicada se correlacionam com os níveis médios da hemoglobina glicada, e essa medida reflete o controle glicêmico por um período intermediário de trinta a sessenta dias.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029494

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 8

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

O diabetes melito muitas vezes é acompanhado de complicações microvasculares e macrovasculares, por isso o controle glicêmico adequado é de suma importância para o paciente com doença renal crônica (DRC). A respeito do monitoramento do controle glicêmico e do tratamento do diabetes melito nesse grupo de pacientes, julgue os próximos itens. O uso da metformina, agente da classe das biguanidas, é permitido a paciente com DRC se a sua taxa de filtração glomerular (TFG) > 45 mL/min; para paciente com TFG entre 30 mL/min e 44 mL/min, o uso desse fármaco fica a critério clínico, sendo contraindicado apenas se TFG < 30 mL/min.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029495

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 9

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

O diabetes melito muitas vezes é acompanhado de complicações microvasculares e macrovasculares, por isso o controle glicêmico adequado é de suma importância para o paciente com doença renal crônica (DRC). A respeito do monitoramento do controle glicêmico e do tratamento do diabetes melito nesse grupo de pacientes, julgue os próximos itens. A glibenclamida e a glimepirida são as sulfonilureias de escolha para pacientes com doença renal dialítica, sendo também seguras para pacientes com DRC, em qualquer fase da doença.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 1029496

Hospital Universitário de Brasília (HUB) 2019

Cargo: Programa de Residência Médica em Especialidade com Exigência de Pré Requisito: Nefrologia / Questão 10

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível: Superior

O diabetes melito muitas vezes é acompanhado de complicações microvasculares e macrovasculares, por isso o controle glicêmico adequado é de suma importância para o paciente com doença renal crônica (DRC). A respeito do monitoramento do controle glicêmico e do tratamento do diabetes melito nesse grupo de pacientes, julgue os próximos itens. A linagliptina, da classe de inibidores da dipeptidil peptidase 4 (IDPP4), é eliminada pela bile, sendo menos de 10% desse fármaco excretados pelo rim, motivo por que, em relação à função renal, é a única droga neutra que não requer ajuste de dose e que pode ser usada em todas as fases da DRC.
  • C. Certo
  • E. Errado