Medicina Especialidade Ortopedia

A fratura de fise compromete a placa epifisária com risco desta fechar e a extremidade óssea parar de crescer. Sobre a fratura de fise e a classificação de Salter-Harris, assinale a alternativa correta.
  • A. Classe III: fratura atravessa epífise, placa epifisária e metáfise. O tratamento é feito com redução aberta e fixação interna.
  • B. Classe II: fratura atravessa epífise e atinge parcialmente a placa epifisária. O tratamento é feito com redução aberta e fixação interna.
  • C. A fratura de fise mais comum é da fise distal do rádio, ocorrendo em crianças de 10 a 16 anos. Geralmente, é classe II com bom prognóstico.
  • D. Classe I: a linha de fratura é a própria placa epifisária, separando epífise e metáfise, mas com um fragmento metafisário ligado à epífise. O tratamento é com redução fechada e imobilização gessada.