Medicina Especialidade Pediatria

Recém-nascido feminino, 10 dias de vida, é trazido para a primeira consulta de puericultura. Trata-se de criança nascida de termo, parto vaginal, sem intercorrências, com peso de nascimento de 3.350g, adequado para a idade gestacional, boletim de Apgar 9/10/10. Filho de mãe primigesta, de 22 anos, sem comorbidades e sem intercorrências durante o pré-natal. Tipagem sanguínea materna e do RN: A+. A criança recebeu alta no 3º dia de vida, com peso de 3.100g. Na consulta de hoje, a mãe refere que produz bastante leite e que a criança suga bem, mas está cansada porque a criança quer mamar de hora em hora, eventualmente com intervalos de 30 minutos entre as mamadas. Criança evacua três vezes ao dia, com fezes amareladas. Diurese clara, com 4 trocas de fraldas ao dia. Ao exame clínico, apresenta icterícia zona III, sem outras alterações significativas. Peso atual de 3.205g. A conduta indicada é:

  • A.

    Orientar mamadas mais longas e efetivas, e marcar retorno precoce para reavaliação do peso.

  • B.

    Reforçar a manutenção do regime de livre demanda e realizar seguimento habitual de puericultura.

  • C.

    Iniciar fototerapia, com investigação de infecções, doenças metabólicas e erros inatos do metabolismo.

  • D.

    Encaminhar a mãe para avaliação psicológica e convocar familiares para auxiliarem o cuidado.