Medicina Especialidade Psiquiatria

Em relação aos critérios diagnósticos DSM-IV-TR para transtornos de humor, assinale a alternativa INCORRETA:

  • A.

    Para episódio maníaco: período distinto de humor persistentemente elevado, expansivo ou irritável, durante todo o tempo ao longo de pelo menos uma semana (ou qualquer duração, se a hospitalização for necessária). E três ou mais dos seguintes sintomas (ou quatro se humor irritável): auto-estima elevada, necessidade de sono diminuída, loquacidade, fuga de idéias, distratibilidade, aumento das atividades e envolvimento em atividades prazerosas.

  • B.

    Para episódio misto: presença de critérios para episódio maníaco e episódio depressivo, quase todos os dias, durante o mínimo de uma semana. Acentuado prejuízo no funcionamento ocupacional, em atividades sociais ou relacionamentos com outros, ou para exigir a hospitalização para prevenir danos ao individuo e a outros, ou existem aspectos psicóticos.

  • C.

    Para hipomania: período distinto de humor persistentemente elevado, expansivo ou irritável, durante todo o tempo ao longo de pelo menos uma semana. E quatro ou mais dos seguintes sintomas: auto-estima elevada, necessidade de sono diminuída, loquaci-dade, fuga de idéias, distratibilidade, aumento das atividades e envolvimento em atividades prazerosas.

  • D.

    Para episódio depressivo maior: cinco ou mais dos seguintes sintomas durante pelo menos duas semanas: humor deprimido e\ou interesse ou prazer diminuído, perda ou ganho de peso; insônia ou hipersônia, agitação ou retardo psicomotor; fadiga ou perda de energia; sentimentos de inutilidade ou culpa; capacidade diminuída de pensar; pensamento de morte ou ideação suicida.

  • E.

    Para transtorno distímico: humor depressivo na maior parte dos dias, indicado por relato subjetivo ou observação feita por outros, por pelo menos dois anos. Em crianças e adolescentes, o humor pode ser irritável, e a duração deve ser no mínimo um ano. Presença de pelo menos duas das seguintes características: alteração apetite, alteração de sono, baixa energia ou fadiga, baixa auto-estima, diminuição concentração, indecisão ou desesperança.