Medicina Especialidade Psiquiatria

Texto para as questões 31 e 32

Um homem com sessenta e cinco anos de idade possui histórico de três episódios depressivos nos últimos 10 anos. Ele obteve remissão de todos os episódios com uso de farmacoterapia por cerca de um ano. Todos os episódios foram graves, acompanhados de risco de suicídio, e se desenvolveram em um contexto de importante estressor psicossocial. Durante acompanhamento ambulatorial foi identificado um novo episódio depressivo grave com presença de pensamentos ocasionais de suicídio, sem plano específico. O paciente tem bom suporte familiar e a internação não foi considerada necessária naquele momento. Diferentemente dos episódios anteriores, no atual a família não identifica fatores estressores que podem ter funcionado como gatilho. Sua história médica é positiva para hipertensão arterial sistêmica de difícil controle e arritmia atrial.

Ainda com relação à situação hipotética descrita, assinale a opção correta.

  • A.

    A idade do paciente é um fator protetor quanto ao risco de suicídio.

  • B.

    O tratamento psicoterápico associado à farmacoterapia tem se mostrado ineficaz nos casos de depressão recorrente.

  • C.

    Um estabilizador de humor deve ser associado ao antidepressivo, pois se trata, provavelmente, de um quadro de transtorno bipolar não diagnosticado.

  • D.

    Caso um ISRS tenha sido escolhido, deve ser usado por 12 meses e retirado gradualmente ao longo de várias semanas.

  • E.

    Caso tenha boa resposta com farmacoterapia, deve fazer uso da medicação por vários anos ou indefinidamente.