Medicina Especialidade Psiquiatria

Uma paciente de 40 anos procura atendimento com o seguinte quadro: tristeza, anedonia, insônia, angústia, irritabilidade com familiares, falta de energia para o dia a dia e cansaço fácil com as atividades. Diz que a maioria das pessoas acha que ela é “rabugenta e azeda” e reclama do seu mau-humor constante. Diz, também, que sempre foi assim, mais “pra baixo”, e que tinha dificuldade em ver graça nas coisas que aconteciam ao seu redor. Apesar do quadro, consegue desempenhar sua função familiar e no trabalho com pouco prejuízo funcional. Não existem causas clínicas para esse quadro nem outros sintomas psicopatológicos. O diagnóstico do quadro acima é:
  • A. depressão maior moderada.
  • B. depressão maior grave.
  • C. distimia (depressão leve persistente).
  • D. transtorno bipolar tipo II.
  • E. transtorno de personalidade depressivo-ansiosa.