Medicina Especialidade Psiquiatria

Quanto ao uso de substâncias psicoativas, pode-se afirmar que:
  • A. em geral se constitui um problema e deve ser função do médico sugerir a interrupção imediata do consumo.
  • B. deve ser compreendido no contexto em que ocorre, e é papel do médico orientar e construir um projeto terapêutico em conjunto com o paciente.
  • C. por ser uma constante na história da humanidade, o médico deve apenas fornecer orientações gerais, não interferindo na liberdade do indivíduo de consumir essas substâncias.
  • D. é sempre problemático e deve ser coibido, sendo função médica o trabalho conjunto com as instâncias legais adequadas.