Medicina Especialidade Psiquiatria

O aspecto mais relevante no diagnóstico diferencial entre transtorno delirante e esquizofrenia consiste em:
  • A. presença de delírios mais estruturados no transtorno delirante.
  • B. ausência de alucinações no transtorno delirante.
  • C. tendência de que o paciente com esquizofrenia atue mais frequentemente sob o delírio do que o paciente com transtorno delirante.
  • D. menor comprometimento cognitivo e melhor funcionamento sócio-ocupacional nos pacientes com transtorno delirante.