Medicina Especialidade Medicina Nuclear Radiologia

As primeiras alterações radiograficamente visíveis da degeneração do disco intervertebral são as que observadas ocorrem no platô vertebral, sendo mais bem visualizadas na ressonância magnética.

Sobre as alterações radiográficas na coluna vertebral, é correto afirmar que

  • A. as alterações do tipo III são representadas pela baixa intensidade de sinal nas imagens ponderadas em T1 e alta intensidade nas imagens ponderadas em T2.
  • B. a única variação do platô vertebral visualizada nas imagens de TC e radiografias comuns são as alterações iniciais do tipo II, que se correlacionam com a presença da esclerose óssea.
  • C. as alterações do tipo II são representadas por baixa intensidade de sinal nas imagens ponderadas em T1 e nas imagens FSE ponderadas em T2. Essa etapa representa a substituição da medula do platô vertebral por tecido gorduroso.
  • D. as alterações do tipo III fazem parte da senescência e não devem ser confundidas pelo radiologista com outros processos patológicos, como tumor ou infecção. Estas alterações se correlacionam com a esclerose óssea visualizada em outros exames de imagens.
  • E. as alterações do tipo I refletem a substituição da medula do platô vertebral por tecido fibroso vascular em resposta à lesão crônica instalada. Nessa situação, é demonstrada a alta intensidade de sinal nas imagens ponderadas em T1 e baixa intensidade nas imagens ponderadas em T2.